Tamanho do texto

Fogo atingiu estrutura da ponte, o que fez com que a CET interditasse o trânsito no local; Prefeitura diz que fará avaliação antes de liberar via

Fissura ponte
Reprodução/TV Globo
Após o incêndio, fissuras e manchas de queimado puderam ser vistas na ponte

O fogo que atingiu a  Ponte do Jaguaré na manhã desta sexta-feira (21) pode ter causado danos na estrutura da via. Agora, com o fogo já controlado, a Prefeitura de São Paulo e a Defesa Civil devem fazer uma análise do viaduto antes de liberar o trânsito no local.

Leia também: Evangélico, Bretas pode 'furar fila' e ganhar vaga no STF antes de Moro

Em nota, divulgada por volta das 11h, a Prefeitura confirmou que a Ponte do Jaguaré, localizada na zona oeste da capital paulista, está interditada, assim como a pista local da Marginal Pinheiros no sentido Interlagos.

Além disso, afirmou que a Defesa Civil acompanha as últimas etapas do trabalho do Corpo de Bombeiros para poder avaliar os danos causados pelo incêndio e que equipes da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social estão atendendo as cerca de 50 famílias que moravam no local. Todos estão recebendo atendimento médico e doações, como colchões, cobertores, cestas básicas e kits de higiene.

Sobre os danos, pouco foi divulgado até o momento. Porém, imagens feitas do alto mostraram que a ponte apresenta rachaduras e marcas de queimado. De acordo com a Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras (Siurb), as fissuras são juntas de dilatação que já existiam e que apenas estão desgastadas.

Leia também: 'Playboy', baladeiro e amigo dos Bolsonaro: conheça o novo presidente do BNDES