Tamanho do texto

Navio partiu de Recife com destino a Fernando de Noronha, também em Pernambuco, na última quarta-feira; vítimas ficaram 13 horas à deriva

Naufrágio
Reprodução
Nove pessoas foram resgatas, mas um segue desaparecido após naufráfio

O navio-patrulha Guaíba, da Marinha, resgatou nove pessoas após o naufrágio do navio de carga Navegantes. Eles ficaram 13 horas à deriva. Um tripulante da embarcação está desaparecido, e a Marinha faz buscas para localizá-lo. O navio-patrulha atracou hoje (14) em Natal com os resgatados.

Leia também: Mulher sofre parada cardíaca ao inalar fumaça de protesto e está em estado grave

O Navegantes partiu de Recife com destino a Fernando de Noronha, também em Pernambuco, na última quarta-feira (12) e afundou a 180 quilômetros de João Pessoa, capital da Paraíba. Foi emitido, então, o chamado de socorro para a Marinha , e o salvamento ocorreu no dia seguinte (13).

O comandante do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste, capitão de mar e guerra Alexandre Gildes Borges, disse que os nove resgatados estavam em um bote e foram socorridos pelo médico do navio-patrulha.

Leia também: Prova de órgão federal pede opinião sobre Bolsonaro em questões e causa revolta

De acordo com o capitão, a Marinha fará uma investigação para identificar as causas do naufrágio . A Marinha tem prazo de 90 dias para apurar todos os fatos para que se possa ser conclusivo sobre o que ocorreu com a embarcação, disse Borges.