Tamanho do texto

Autores do crime confessaram à Polícia Militar o homicídio; a motivação ainda não revelada. Delegado responsável pedirá internação da dupla

Na tarde deste sábado (08) dois adolescentes, um de 15 e outro 16 anos, foram presos suspeitos de matar José Carlos Amarilha, de 22 anos. De acordo com informações da Polícia Militar, após a morte, os adolescentes ainda tiveram relações sexuais com a vítima.

Leia também: Polícia prende cinco adolescentes suspeitos de agredir casal lésbico em Londres

Delegacia de Aral Moreira
Divulgação
Delegacia de Aral Moreira

O crime aconteceu em uma plantação de milho próximo de Aral Moreira, município a 364 km de Campo Grande. Ambos adolescentes foram encaminhados para a delegacia e confessaram o crime, mas o motivo do crime ainda não foi revelado.

Leia também: Adolescentes são encontradas após sete dias em SP

À Polícia Militar , os jovens relataram que mataram o rapaz com um pedaço de madeira e uma barra de ferro e logo após fizeram tiveram relações sexuais com o corpo. O delegado responsável pelo caso, Eduardo Ferreira de Oliveira, pedirá a internação da dupla.

 O corpo de José Carlos foi encontrado na manhã da última sexta (07), em uma plantação de milho por populares. Equipes das Polícias Militar e Civil foram acionadas e estiveram no local.

Leia também: Polícia investiga tortura de adolescente após suposta traição no litoral de SP

Ainda conforme as autoridades, a vítima dos adolescentes foi vista na noite de quinta (06), por volta das 22h00, na companhia de duas pessoas. O trio estava na mesma região onde o corpo foi encontrado.