Tamanho do texto

CET não prevê interdições de nenhuma via e transporte público deve operar normalmente; rodízio na cidade vale para veículos com placa de final 3 e 4

Moro
José Cruz/Agência Brasil - 8.5.19
Ato contra pacote anticrime de Moro marca terça-feira, em SP

São Paulo tem terça-feira (4) de frio e de alta possibilidade de chuva. De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE), os ventos úmidos do oceano causam nebulosidade e chuviscos, principalmente durante a madrugada e o período da noite. As mínimas oscilam em torno dos 13°C, enquanto as máximas não devem superar os 18°C.

Leia também: Doria anuncia expansão da Linha 2-Verde do Metrô e a compra de 22 novos trens

O rodízio na cidade de   São Paulo vale hoje para veículos com placa de final 3 e 4 das 7h às 10h da manhã e das 17h às 20h da noite. Nesses períodos, fica proibida a circulação desses veículos na região do centro expandido, no perímetro entre as marginais Pinheiros e Tietê, a Avenida Luís Ignácio de Anhaia Mello e a Avenida Salim Farah Maluf.

A Companhia de Engenharia de Tráfego ( CET ) não prevê a interdição de nenhuma via e os trens da CPTM e do Metrô devem operar normalmente.

Leia também: Moro vai discutir tráfico de drogas com presidente do Paraguai

Nesta terça-feira, uma aula aberta com o tema “Moradia pra quem?”, que acontecerá na Associação Franciscana de Solidariedade (Sefras), tem como objetivo debater sobre os milhões de brasileiros que vivem na rua e os problemas que envolvem a falta de moradia no País. A aula acontecerá às 19h30 na Rua Professora Jacira de Carvalho, 62, no bairro do Jaçanã, zona norte.

Leia também: Maioria dos brasileiros é contra o decreto das armas, aponta Ibope

Enquanto isso, no centro de São Paulo, um ato contra o pacote anticrime pretende marcar oposição e propor políticas alternativas às propostas do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. O encontro acontece a partir das 19h, no Largo São Francisco, na Sé.