Tamanho do texto

Trecho de 8,3 km será composto por oito estações, que irão da Vila Prudente até a Penha; início das obras está previsto para o primeiro trimestre de 2020

João Doria
Divulgação/Governo do Estado de São Paulo
Doria anuncia expansão da Linha 2-Verde do Metrô e a compra de 22 novos trens

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e o Secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, anunciaram nesta segunda-feira (3) a expansão da Linha 2-Verde do Metrô, além da compra de 22 novos trens para a mesma linha.

Leia também: Após polêmica, Doria garante que SP não sofrerá cortes na cultura; veja vídeo

O novo trecho de 8,3 km da Linha 2-Verde será composto por oito estações, que irão da Vila Prudente até a Penha e deverá atender mais 377 mil passageiros. De acordo com Doria, as obras devem ter início no primeiro trimestre de 2020, quando os projetos executivos, que serão reativados imediatamente, estiverem aprovados.

“As estações serão entregues gradualmente. Na medida em que elas forem sendo entregues o Metrô vai atingir distâncias ainda maiores e facilitar a vida das pessoas que na zona leste de São Paulo precisam chegar às suas casas e sobretudo aos seus trabalhos”, afirmou Doria .

Ao todo, está previsto o investimento de R$ 5,5 bilhões para a elaboração dos projetos, desapropriações e execução das obras civis do trecho Vila Prudente a Penha. Parte deste valor já foi utilizado na desapropriação de 96,5% dos 226 imóveis necessários para a obra.

Leia também: Educadores divergem sobre ganhos com novas férias escolares anunciadas por Doria

As novas estações

Estação Vila Prudente
Divulgação
Linha 2-Verde do Metrô será ampliada da Vila Prudente até a Penha

Serão construídas as seguintes estações: Orfanato, Água Rasa, Anália Franco, Vila Formosa, Guilherme Giorgi, Nova Manchester, Aricanduva e Penha . Desta forma, a Linha 2-Verde terá conexão direta com as linhas 3-Vermelha, 11-Coral (CPTM) e 15-Prata.

“A expansão da Linha 2 é uma demanda importante dos moradores da zona leste e a retomada desse projeto é resultado de um esforço de gestão alinhado ao nosso compromisso para melhorar a cada dia a prestação de serviço aos passageiros”, ressaltou Baldy.

Leia também: Justiça de São Paulo libera uso de patinetes elétricos sem capacete

Após ser concluída a extensão, a Linha 2-Verde será a mais longa de São Paulo, com 23 km e 22 estações entre a Vila Madalena e a Penha, conectando-se diretamente com as linhas 1-Azul (Paraíso e Ana Rosa) 3-Vermelha (Penha), 4-Amarela (Paulista), 5-Lilás (Chácara Klabin), 15-Prata (Vila Prudente) e 11-Coral (Penha), transportando mais de 1,1 milhão de pessoas por dia.