Tamanho do texto

Droga foi apreendida no Aeroporto Internacional de Guarulhos; carga estava escondida em diversas garrafas de vinho branco que seriam enviadas à Africa

Cocaína apreendida
Reprodução/Receita Federal
Droga estava diluída em diversas garrafas de vinho branco

Uma carga de garrafas de vinho recheadas de drogas foi apreendida no Aeroporto Internacional de Guarulhos , em São Paulo , pela Receita Federal . De acordo com o órgão, no interior dos recipientes havia cerca de 122,5 kg de cocaína diluída.

Leia também: Empresário é preso no litoral de SP ao tentar enviar 760 kg de cocaína à Europa

Ao todo, foram encontradas 150 garrafas com o líquido — segundo a Receita Federal, o material ilícito tinha como destino a Guiné Equatorial , país do continente africano. A carga de cocaína foi identificada por cães farejadores, em conjunto com análises de imagens de raio x.

O material foi encontrado na tarde desta segunda-feira pelos agentes. Posteriormente, já nesta terça-feira, peritos da Polícia Federal analisaram o líquido e confirmaram que se tratava do entorpecente .

Recorde de apreensões em 2018

Ao longo de 2018, quase duas toneladas de drogas (1.879 kg) foram apreendidas pela Polícia Federal ( PF ) em trabalho conjunto com a Receita Federal no Aeroporto Internacional de Guarulhos , principal saída do país para o exterior. O volume é o maior dos últimos 18 anos , de acordo com a PF.

Leia também: Familiares de presos mortos vivem clima de revolta na porta do IML de Manaus

A informação consta de um levantamento divulgado pelo órgão no início deste ano. Segundo os dados, o montante de material ilícito encontrado superou o de 2017, quando foram apreendidos 1.706 kg de drogas ; e foi maior do que a marca atingida em 2010 — o recorde até então — com 1.861 quilos de entorpecentes encontrados pelos agentes .