Tamanho do texto

Estrutura foi interditada depois de um desabamento de terra; "Espero que amanhã já tenha recolhido todo o entulho", disse o prefeito Marcelo Crivella

desabamento do rio
Richard Santos/Prefeitura do Rio de Janeiro
"Esperamos que amanhã já tenha recolhido todo o entulho", disse o prefeito Marcelo Crivella sobre o túnel que desabou

A cidade do Rio de Janeiro segue em estágio de crise neste sábado (18) após a interdição do Túnel Acústico Rafael Mascarenhas, principal via de ligação entre a zonal sul e a Barra da Tijuca. O patamar, que corresponde ao nível mais alto em uma escala de três alertas emitidos pela prefeitura, foi aplicado pela 14ª vez em 2019.

O prefeito Marcelo Crivella (PRB) disse acreditar que o túnel seja reaberto nesta noite. "Esperamos que amanhã já tenha recolhido todo o entulho. Não foi por falha na estrutura, foi um deslizamento de terra de mais ou menos 30 toneladas caídas sobre a viga", disse Crivella. Na manhã de ontem (17),  parte da cobertura da estrutura desabou sobre um ônibus. Ninguém se feriu.

Nesta manhã, a Comlurb (Companhia Municipal de Limpeza Urbana) continua com os trabalhos de limpeza enquanto técnicos da prefeitura avaliam a cobertura do túnel. Ainda ontem, o prefeito Crivella informou que a estrutura principal do túnel não foi abalada e que a parte que desabou será substuída por outra "de material melhor".  

Durante o período em que o túnel estiver interditado, a prefeitura do Rio orienta que os moradores evitem trafegar entre a zona sul e a Barra da Tijuca . Aqueles que precisarem fazer este trajeto devem dar prioridade às vias expressas Alto da Boa Vista, Grajaú-Jacarepaguá ou Linha Amarela. O metrô, outra alternativa, segue funcionando normalmente. 

Leia também: Idoso é agredido a chutes por motorista e impedido de entrar em ônibus; assista

A Avenida Niemeyer, por sua vez, que liga o Leblon a São Conrado, continuam operando no sistema de "pare e siga" no trecho a que o deslizamento de terra chegou. A via chegou a ser completamente interditada da manhã de quinta (16), quando o incidente aconteceu, até a noite de ontem. Por lá, a Comlurb também presta serviços.

Previsão do tempo

Para hoje, segundo o Centro de Operações da prefeitura, a previsão é de chuva fraca à moderada em áreas mais isoladas da cidade. À tarde, porém, há a possibilidade de acontecer pancadas de chuvas muito forte, que tendem a ser acompanhadas por descargas elétricas. O alerta de ressaca emitido pela Marinha segue valendo.