Tamanho do texto

Caso aconteceu em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, e gerou revolta nas redes sociais; após divulgação das imagens, motorista acabou demitido

Idoso agredido Rio
Reprodução/Internet
Com a porta fechada, motorista atinge idoso com série de chutes para afastá-lo do veículo

Nesta quinta-feira (16), um idoso foi agredido com chutes e pontapés e impedido pelo motorista de um ônibus de entrar no veículo. O caso aconteceu no bairro Jardim Primavera, em Duque de Caxias, e envolveu um ônibus da Viação União. As cenas foram gravadas por uma testemunha.

Leia também: Brasil é o quinto país que mais mata em acidentes de trânsito, segundo OMS

Nas imagens, o idoso aparece na entrada da frente do ônibus, quando o motorista fecha a porta do veículo. O passageiro fica com parte do corpo preso, até que o condutor levanta de seu assento e começa a chutá-lo para deixar o local. A gressividade foi tanta que ele chegou até a perder um dos sapatos e é obrigado a reabrir a porta para recuperá-lo. Logo depois, volta a empurrar o idoso para longe do ônibus.

O filho do idoso disse que vai procurar a Justiça . "Fiquei estarrecido com o que aconteceu e vou cobrar das autoridades. Espero que aconteça justiça. Espero que meu pai não sofra mais esse tipo de problema, esse tipo de situação vexatória, nem que aconteça com nenhum outro pai e nenhum outro senhor de idade", o professor Filipe Paz Teixeira postou, nas redes sociais.

Teixeira tentou entender a atitude do motorista . "O motorista também é trabalhador e às vezes sofre pressão por parte da empresa, mas isso não quer dizer que ele tem que agredir um outro idoso e nem que outras pessoas precisam passar por esse tipo de problema", defendeu.

Leia também: Justiça Federal condena contraventores ligados ao jogo do bicho

Em nota, a Viação União informa que "repudia totalmente a conduta do motorista citado pela reportagem e informa que, após ter tomado conhecimento do caso, demitiu o funcionário". A empresa diz ainda que "não tolera práticas contrárias aos treinamentos realizados e preza pelo atendimento digno aos passageiros".