Tamanho do texto

De acordo com a polícia, a esposa do assassino teria lhe confessado uma traição, o que motivou o crime; filhos do amante também foram ameaçados

Assassino matou filha e enteada por vingança da esposa, que supostamente o traiu; entenda o caso ocorrido em Guarulhos
Reprodução/Facebook
Assassino matou filha e enteada por vingança da esposa, que supostamente o traiu; entenda caso ocorrido em Guarulhos

A Polícia Civil prendeu, em Santos, no litoral paulista, um homem que matou a própria filha e a enteada, na tarde desta quarta-feira (15), em Guarulhos, município da Grande São Paulo. Segundo a corporação, o assassino teria cometido o crime por volta do meio-dia de ontem e fugido para o litoral, usando o pouco dinheiro que pertencia às crianças. 

Leia também: Motivado por vingança, homem sequestra e mata garota de 6 anos no litoral de SP

Clayton Almeida de Jesus, de 34 anos, foi preso no início da noite. Sabe-se que ele foi o responsável pela morte da filha, Priscila Beatriz Tavares, de 3 anos, e de Edmilly Geovana Tavares, sua enteada , de 8 anos. O crime teria sido motivado por vingança, já que a esposa do assassino confessou, no último domingo (12), que o teria traído. 

A suspeita da polícia é de que as crianças tenham sido mortas por asfixia, esganatura ou envenenamento. Ambas foram encontradas mortas abraçadas dentro de um quarto, na casa do casal. Os policiais acreditam que os corpos estavam no local há mais de 12 horas.

Leia também: Mulher descobre traição do marido ao ver foto da vista de sua casa no Instagram

O suspeito também deixou um bilhete no local, justamente afirmando que matou as meninas por vingança, após descobrir uma traição da mãe das crianças. Após descobrir a traição , o homem teria ainda enviado um áudio para o suposto amante da esposa, dizendo que iria matar a família dele.

Na mensagem, ele também diz que, mesmo se for preso, irá prosseguir com a vingança , ainda que demore anos. A polícia acredita que os filhos do suposto amante não foram machucados porque o assassino não sabia ao certo o endereço em que eles moravam. 

Depois de cometer o crime, Clayton teria saído de casa tranquilamente e conseguido fugir com o dinheiro que pegou no quarto das crianças, R$ 70. Açougueiro, o suspeito enviou mensagens para o avô das crianças, avisando que as tinha matado. Esse avô procurou, então, a Guarda Civil Metropolitana, que invadiu o apartamento do casal e encontrou as crianças mortas. 

Leia também: Mulher é salva pelo ex após ser espancada pelo namorado no litoral de SP

No início da noite de ontem, o suspeito foi preso em Santos, no litoral de São Paulo, pela Polícia Civil, que reforçou a segurança em torno da família do suposto amante. O homem que matou a filha e a enteada foi levado à Delegacia de Homicídios de Guarulhos, onde o caso foi registrado, e deverá passar por audiência de custódia nesta quinta-feira (16).