Tamanho do texto

Entre as demais apreensões, estão 15 imóveis, quatro embarcações, joias e obras de arte; familiares do artista também foram presos na manhã de hoje

DJ Jopin é preso
Reprodução/TV Globo
O DJ Jopin iria fazer um show no Recife, neste sábado; ele foi preso junto a familiares nesta quinta

Queridinho das baladas do Brasil e com forte influência na noite paulistana, José Pinteiro Filho, conhecido como o DJ Jopin, foi preso na manhã desta quinta-feira (9), sob a acusação de participar de um esquema de crime organizado, lavagem de dinheiro e sonegação de tributos. Sua prisão ocorreu durante o cumprimento de mandados ligados à Operação Mar Aberto, da Polícia Civil de Pernambuco e a Secretaria da Fazenda (Sefaz). Além dele, outras oito pessoas foram presas.

Leia também: PF apreende carros de luxo, obras de arte e mais de R$ 4,2 milhões em operação

Lançado nacionalmente pela Luan Promoções, o DJ Jopin é o profissional que toca nos festivais 'Garota VIP', do cantor Wesley Safadão. Ele também é filho do empresário José Pinteiro, que é dono de um estaleiro e da marina Ecomariner, sediada no Recife. Seu pai, inclusive é um dos presos na operação de hoje. Foram detidos também Aníbal Pinteiro, primo do artista, Andréa Pinteiro e Vitória Pinteiro, respectivamente mãe e irmã de Jopin.

De acordo com a polícia, o grupo de empresas de fabricação de embarcações investigado pela Operação Mar Aberto, que é de propriedade da família, movimentou R$ 358 milhões em cinco anos. No entanto, deste total, foi constatada a sonegação de pelo menos R$ 65 milhões.

Apreensão DJ Jopin
Divulhação/PCPE
Apreensão DJ Jopin

A investigação sobre lavagem de dinheiro e crimes tributários do grupo, contou com apoio das polícias de São Paulo e da Paraíba no cumprimento dos mandados. Foram cumpridos, inclusive, um mandado de busca e apreensão em cada um desses estados, além de uma prisão preventiva em São Paulo. O nome do alvo do mandado de prisão na capital paulista não foi revelado ainda.

Entre as apreensões, estão 28 carros de luxo , sendo uma Ferrari, um Porsche e um Maserati, além de 15 imóveis e quatro embarcações. Segundo o delegado Jean Rockfeller, outros itens foram apreendidos, como joias e obras de arte. Mas todos os detalhes de como funcionava o esquema não foram divulgados ainda.

Leia também: PF faz busca e apreensão em sede estadual do PSL para investigar laranjas

Toda essa investigação teve início em dezembro de 2017 e é comandada pela delegada Priscila Von Sohsten, do Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Draco), com apoio da Diretoria de Inteligência e do Laboratório de Lavagem de Dinheiro da corporação. Os presos e apreensões em Pernambuco são encaminhados para a sede do Draco, no Recife.

Polícia
Divulgação/PCPE
Segundo a polícia, foi constatada a sonegação de pelo menos R$ 65 milhões pelo grupo

A operação de hoje contou com o apoio de cem policiais civis de Pernambuco , além de duas equipes da Policia Civil de São Paulo e outra da Polícia Civil da Paraíba, além de equipes coordenadas por auditores da Sefaz.

Leia também: Papagaio é apreendido por avisar traficantes da chegada da PM: "Mamãe, polícia!"

A Luan Promoções, responsável pela carreira de DJ Jopin também faz o gerenciamento artístico dos artistas Wesley Safadão, Gabriel Diniz e Márcia Felipe. O DJ também ficou conhecido após produzir um remix da música “Anunciação”, grande sucesso de Alceu Valença. O vídeo tem mais de um milhão de visualizações no YouTube. Ele iria fazer um show no Recife, neste sábado, com Saulo Fernandes.