Casos subiram de 21, registrados em 2018, para 37 nos três primeiros meses de 2019
Reprodução/Agência Brasil/Fabio Rodrigues Pozzebom
Casos subiram de 21, registrados em 2018, para 37 nos três primeiros meses de 2019

Os casos de feminicídio aumentaram 76% no primeiro trimestre deste ano em São Paulo, em comparação ao mesmo período do ano anterior. Em janeiro, fevereiro e março de 2019, 37 mulheres foram vítimas de feminicídio. Em 2018, foram 21. Os dados são de um levantamento feito pelo G1 e pela GloboNews.

Oito em cada dez casos de feminicídio no estado aconteceram dentro de casa. O levantamento aponta, ainda, que em 26 dos 37 casos o criminoso era conhecido. Segundo a Secretaria da Segurança Pública, "todos os casos registrados no período tiveram a autoria identificada e 19 criminosos já foram presos".

Leia também: Mulher é salva pelo ex após ser espancada pelo namorado no litoral de SP

Na manhã do último domingo (28), duas mulheres foram encontradas mortas em diferentes pontos da cidade de São Paulo. Segundo a polícia, elas foram assassinadas por ex-companheiros. Um terceiro caso com uma mulher como vítima foi registrado à tarde, e também está sendo investigado.

Você viu?

Um dos casos aconteceu na Zona Leste de São Paulo . Dois homens foram presos suspeitos de ter matado a recepcionista Daniela de Jesus Martin, de 38 anos, dentro da própria casa dela. O ex-companheiro da vítima confessou o crime.

O outro crime aconteceu na Parelheiros, na Zona Sul. Um homem foi preso ontem à tarde suspeito de ter matado a operadora de caixa Raqueline Correia Cavalcante, de 41 anos. Ela também foi encontrada morta dentro de casa. Os filhos dela, de 20 e 17 anos, encontraram o corpo e chamaram a polícia. Uma faca e uma marreta foram apreendidas no local.

Leia também: Jovem é morta asfixiada com coleira de cachorro por namorado, no Mato Grosso

A polícia também investiga a morte de Diana Pereira de Trindade, de 24 anos, que estava grávida. Ela foi encontrada morta ontem em um terreno baldia em Perus, na Zona Norte da capital.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários