PM usou da força para separar briga de estudantes em Ceilândia
Reprodução
PM usou da força para separar briga de estudantes em Ceilândia

Um agente da Polícia Militar do Distrito Federal (PM-DF) foi filmado agredindo um estudante durante ação para separar briga entre alunos de uma escola em Ceilândia. O episódio se deu na manhã desta sexta-feira (26) e os vídeos da ação truculenta rapidamente se espalharam pelas redes sociais.

Leia também: MEC investirá menos em faculdades de humanas e mais em "áreas que dão retorno"

Nas gravações, é possível ver o PM derrubando um estudante no chão para imobilizá-lo, segurando-o pelo pescoço, enquanto outros alunos se mostram assustados. "Vou filmar, vou filmar. Tão batendo", diz o autor de uma das filmagens.

A confusão ocorreu no Centro Educacional nº 7 de Ceilândia , que é uma das escolas que passaram a ter gestão compartilhada entre as secretarias de Educação e de Segurança Pública.

Leia também: Doria encurta férias escolares de julho e cria dois recessos para rede estadual

Você viu?

A ação truculenta da polícia motivou revolta por parte de alunos, que se reuniram em frente à escola após as aulas para protestar. Segundo estudante ouvido pela reportagem do jornal Correio Braziliense , ao menos dois jovens ficaram machucados por conta da ação dos policiais.

Em nota, a Secretaria de Educação do Distrito Federal disse que a Polícia Militar apenas "separou os envolvidos" em uma briga entre estudantes, "evitando que se machucassem". Os alunos foram encaminhados à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), ainda de acordo com a pasta, que exaltou o bom histórico do colégio.

"A secretaria informa, também, que a Comissão de Direitos Humanos da OAB-DF esteve recentemente no CED 7 e emitiu parecer positivo sobre a gestão compartilhada da escola", destacou o governo do DF.

Ao Correio , a Polícia Militar do DF informou que a confusão envolveu três alunos e que o PM flagrado nos vídeos "deitou por cima do adolescente agredido, que se encontrava no chão, a fim de protegê-lo". "Entretanto, os outros dois alunos continuaram as agressões, inclusive contra o policial militar", completou a nota.

Leia também: Cobra de 3 metros é forçada a 'devolver banquete' após invadir galinheiro; veja

Assista ao vídeo da ação da PM abaixo:


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários