Tamanho do texto

Agentes desarticulam esquema de lavagem de dinheiro da organização criminosa; veja a operação da Polícia Federal que foi apelidada de "Aplique"

aeroporto de guarulhos
Agência Brasil
Em 2018, líder da organização que comandava o tráfico internacional de drogas no Aeroporto de Guarulhos foi preso

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta terça-feira uma operação para desarticular um esquema de lavagem de dinheiro da organização criminosa que, até 2018, comandava o tráfico internacional de drogas no Aeroporto Internacional de Guarulhos , em São Paulo.

Leia também: PF cumpre 21 mandados de prisão em ação contra fraudes no seguro-desemprego

Batizada de "Aplique", a operação cumpre 14 mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva contra o líder da quadrilha, já preso no Centro de Detenção Provisória de Guarulhos . Os mandados são cumpridos nas cidades de São Paulo e Campo Grande (MS).

Os policiais identificaram inúmeras pessoas físicas e jurídicas que eram utilizadas para lavar dinheiro proveniente do tráfico de drogas . A movimentação do grupo superou R$ 30 milhões, valor que foi bloqueado pela Justiça Federal.

Leia também: Operação da Polícia Civil mira integrantes do PCC em São Paulo

A investigação começou em julho de 2017 quando policiais interceptaram uma aeronave em São Paulo com grande quantidade de dinheiro em espécie. Um dos envolvidos foi preso no dia seguinte, na cidade do Guarujá, com 40 kg de cocaína.

Em outubro de 2018, após o prosseguimento das investigações, prendeu o líder da organização que, segundo a PF, comandava o tráfico internacional de drogas no Aeroporto de Guarulhos . O prosseguimento das investigações permitiu aos policiais chegarem às empresas de fachada e laranjas.

Leia também: PM coloca cano de arma no peito de aluna durante protesto em escola de Guarulhos