Tamanho do texto

Com isso, cai para nove o número de desaparecidos procurados pelo Corpo de Bombeiros nos escombros; hoje, foram achados cinco corpos

buscas na Muzema
Vanessa Ataliba/Brazil Photo Press/Agencia O Globo
Sobe para quinze o número de vítimas confirmadas após desabamento na comunidade da Muzema

Por volta das 5h da manhã desta terça-feira (16), o Corpo de Bombeiros encontrou o corpo de mais uma das  vítimas do desabamento de dois prédios na comunidade de Muzema, na zona oeste do Rio de Janeiro . Perto das 6h40, porém, outros três corpos também foram encontrados no local. Nas últimas horas da mnhã, o quinto cadáver do dia foi achado.

Assim, subiu para 16 o número de mortos encontrados sob os escombros dos dois edifícios. Os corpos encontrados hoje ainda não foram identificados. Agora, os bombeiros continuam buscando por oito desaparecidos que estariam no local, no momento do desabamento .

Mais de 100 militares, cães farejadores, drone, helicópteros, ambulâncias e veículos de recolhimento de cadáveres atuaram nas buscas por vítimas desde a última sexta-feira, quando os prédios desabaram. As construções na Muzema eram irregulares e estavam interditadas desde novembro do ano passado.

O risco constante de novos desabamentos  limita o emprego de máquinas pesadas nessa tarefa, segundo o Exército. Mesmo assim, o trabalho conta com a ajuda de um trator multiuso, uma retroescavadeira, um caminhão com munck, um compressor de ar, tesouras elétricas, tesourão manual e martelete com rompedor.

comunidade de Muzema , onde aconteceu o desabamento , foi uma das mais castigadas pelo temporal que atingiu o Rio na semana passada. O prefeito da cidade, Marcelo Crivella (PRB), chegou a decretar estado de calamidade pública na capital fluminense, por causa das fortes chuvas dos últimos dias. O decreto foi publicado na edição do Diário Oficial do Rio na última quinta-feira (11).