Tamanho do texto

Frei nascido na Itália e com história de peregrinação pelo Nordeste do Brasil precisa ter um milagre reconhecido pelo Vaticano para se tornar beato

undefined
Reprodução
Frei Damião é considerado venerável pelo Vaticano e fica a um passo da beatificação


O missionário Frei Damião foi reconhecido como venerável pelo Papa Francisco no último sábado (8). O italiano, que ganhou fama pela sua evangelização no Nordeste, fica a um passo da beatificação. A informação foi dada por Frei Jaciel Gomes, postulador da causa e responsável pelo processo que pede a canonização.

Leia também: Sob viés progressista, papa evita que fiéis beijem sua mão; vídeo gera polêmica

Houve o reconhecimento pela Comissão dos Bispos e Cardeais. É o penúltimo passo antes da beatificação”, afirmou. Para que Frei Damião seja considerado beato, é necessário que a Igreja Católica reconheça um milagre. Caso dois milagres sejam reconhecidos, então a santificação é concedida.

Batizado como Pio Gianotti, Frei Damião nasceu em Bozzano, na Itália, em 1898. Entrou na vida religiosa aos 13 anos e dois anos depois adotou o nome que o consagrou.

Leia também: Papa Francisco exige que padres que cometeram abusos sexuais se rendam à Justiça

Chegou ao Brasil em 1931 com o objetivo de evangelizar e passou a morar em Recife (PE), cidade em que morreu em 1997, aos 98 anos. Durante sua vida, participou de peregrinações e promoveu as “Santas Missões” por todo Nordeste .

Leia também: Padres homossexuais representam 80% do Vaticano, garante jornalista francês

Capuchinho, o Frei seguia os ensinamentos de São Francisco de Assis e se dizia um mensageiro de Deus . Durante as “Santa Missões”, se dedicava a ouvir confissões por 12 horas do dia.

Acometido por um problema na coluna, viveu anos encurvado, o que dificultou sua fala e respiração. Frei Damião morreu no dia 31 de maio de 1997, em Recife, vítima de um derrame cerebral. Seus ensinamentos religiosos são lembrados e seguidos por fiéis até hoje.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.