Tamanho do texto

Gabriel Aguiar era filho de vereador do município e trabalhava na Prefeitura como supervisor; Câmara dos Vereadores decretou luto oficial de três dias

undefined
Reprodução/Redes Sociais
Servidor estava desaparecido desde terça-feira (3), quando foi ao banheiro

O servidor da Prefeitura de Búzios (RJ) Gabriel Aguiar Pereira de Souza, de 22 anos, foi encontrado morto dentro de um banheiro da sede do Executivo municipal, na manhã desta quarta-feira (3).  Por meio de nota, a Câmara dos Vereadores lamentou o ocorrido com o jovem, que era filho do vereador Miguel Pereira (MDB), e decretou três dias de luto.

Leia também : Morte de vereador de Japeri não apresenta sinais de atentado, diz polícia do Rio

Segundo a Polícia Civil, o corpo foi achado por uma funcionária de limpeza, que desconfiou do ocorrido após perceber que a porta estava trancada e o despertador do celular tocava sem parar. O  servidor estava desaparecido desde a tarde de terça-feira (2), quando entrou no banheiro.

O caso foi registrado na 127ª Delegacia de Polícia e, a princípio, o corpo não apresenta marcas de violência, mas a causa da morte ainda é desconhecida. Segundo o assessor da família de Pereira, o funcionário teria sofrido um infarto, porém a informação ainda não foi confirmada pela polícia.

Leia também: Suspeito de clonar carro usado no assassinato de Marielle foi executado

Ainda de acordo com a assessoria, a família estaria em choque e os pais da vítima passaram mal chegaram a ser encaminhados a um hospital municipal da cidade de Búzios para receberem medicamentos.

Assim como a Câmara dos Vereadores, a Prefeitura também decretou luto de três dias pela morte do servidor que exercia cargo de supervisor. "Um jovem carismático e comprometido com seu trabalho, e em melhor atender a população de Búzios, era muito querido por todos. Lamentamos e nos unimos à dor de todos os seus familiares", comentou a Prefeitura em nota.

Leia também: Professora é agredida ao impedir fixação de faixa que agradecia vereador de GO

De acordo com o Legislativo, a sessão ordinária marcada para esta quinta-feira (4) está suspensa. Devido à morte do servidor , o prefeito cancelou a agenda do dia. Além disso, também será dado ponto facultativo aos vereadores e servidores amanhã.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.