Tamanho do texto

Segundo a CGE, rajadas de vento chegaram a 96,3 km/h no local do acidente; capital paulista registrou diversos pontos de alagamento e queda de granizo

Chuvas fortes  destroem hangar de aviões no aeroporto Campo de Marte, em São Paulo
Reprodução
Chuvas fortes destroem hangar de aviões no aeroporto Campo de Marte, em São Paulo

As chuvas fortes que atingiram a cidade de São Paulo nesta quarta-feira (30) destruíram o teto de um hangar do aeroporto Campo de Marte, na zona norte. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências da capital (CGE), os ventos na região chegaram a 96,3km/h por voltas das 17h. 

Leia também: Prefeitura de SP vai limitar recarga do Bilhete Único a partir de fevereiro; entenda

Imagens divulgadas nas redes sociais mostram a situação do hangar após as chuvas fortes . Nos vídeos, é possível ver como estava a chuva momentos antes do acidente e os vários aviões que foram danificados após a queda do telhado. De acordo com a CGE, a zona norte foi a região mais atingida pelas rajadas de vento.

Leia também: Sindicato promete nova greve do Metrô de SP no dia 5 de fevereiro

A capital paulista ficou parcialmente em estado de atenção. Durante a tarde de hoje a cidade teve 22 pontos de alagamentos, a maioria na zona norte. Também houve registro de queda de granizo. Segundo o Corpo de Bombeiros, a corporação recebeu registro de 68 quedas de árvores e nove desmoronamentos.

Uma das quedas de árvore atingiu um carro. Os Bombeiros tiveram que ir até o local para realizar o resgate de duas vítimas.

Sobre as próximas horas, a CGE informa que as áreas de instabilidade formadas pelo calor e a entrada da brisa marítima, que atuaram com forte intensidade durante a tarde desta quarta-feira (30), perderem força. Imagens do radar meteorológico mostram apenas chuva leve nas Zonas Norte, Oeste e no Centro.

De acordo com os meteorologistas do CGE, as chuvas seguem perdendo força nas próximas horas, restando apenas céu com variação de nuvens e sensação de tempo abafado. Nos próximos dias, o cenário não muda . A temperatura máxima supera os 32°C e as chuvas continuam mal distribuídas em São Paulo .

Leia também: Trens da Linha 15-Prata do monotrilho colidem na zona leste de São Paulo

A quinta-feira (31) será ensolarada e com muito calor. Entre o meio e o fim da tarde, a entrada da brisa marítima estimula a formação de nuvens que provocam chuva rápida e isolada. Mínima de 21°C e máxima de 35°C. Na sexta-feira (01), o sol predomina com temperatura elevada. Mínima de 21°C e máxima de 34°C. No final da tarde e no início da noite há potencial para chuvas fortes  em forma de pancadas isoladas com trovoadas e rajadas de vento.