Tamanho do texto

Imagens da câmera de segurança mostram um homem atacando a vítima, de 66 anos; crime teria sido motivado devido a uma dívida de R$ 200

Imagens da câmera de segurança flagram o momento que o idoso é espancado a pauladas
Reprodução/Rede Globo
Imagens da câmera de segurança flagram o momento que o idoso é espancado a pauladas

Um aposentado de 66 anos foi morto a pauladas no Guarujá, litoral paulista. A vítima foi atacada por um carpinteiro, de 44 anos, que teria agredido e assassinado o homem por conta de uma dívida de R$ 200.

Leia também: Morre Sabrina Bittencourt, ativista que ajudou a revelar abusos de João de Deus

O crime foi confirmado pela Polícia Civil na quinta-feira (31), mas as imagens só foram reveladas pela Rede Globo neste domingo (3), que obteve o vídeo de uma câmera de segurança que captura o momento em que o idoso é atacado.

As cenas mostram que a vítima tentou fugir, mas não conseguiu,  o crime aconteceu nas esquinas das ruas Copacabana e Iporanga, no Guarujá , depois que o carpinteira havia feito a cobrança da dívida. Policiais militares foram acionados, mas ao chegarem no local, encontraram o aposentado ferido.

Leia também: Grupo afirma que ataque à embaixada do Brasil em Berlim foi ato contra Bolsonaro

Pelas imagens, também é possível notar que os dois começam a se desentender e o aposentado cai no asfalto e passa a ser atingido por pauladas. Logo, várias pessoas se dirigem, apressadas, para tentar apartar a briga e socorrer a vítima.

De acordo com a polícia, uma equipe encontrou a vítima com diversos ferimentos pelo corpo, inclusive na cabeça, ao lado de um espeto de churrasco sujo de sangue. O carpinteiro foi contido pelos vizinhos e aos policiais, que o identificaram como autor do crime. Ele alegou legítima defesa.

O aposentado chegou a ser socorrido com vida e levado ao Pronto Socorro de Vicente de Carvalho, mas não resistiu aos ferimentos das pauladas . Já o agressor foi detido e levado para o 2º Distrito Policial da cidade, onde foi registrado boletim de ocorrência pelo crime de homicídio qualificado.

Leia também: Filho de João de Deus é preso por suposta tentativa de silenciar testemunhas

Ainda de acordo com o carpinteiro, a vítima devia a ele cerca de R$ 200 e esse foi o motivo da discussão. O homem alegou que o aposentado o agrediu com o espeto ao ser cobrado e, para se defender, correu até a própria casa para pegar um pedaço de madeira, utilizado para agredir e matar o idoso .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.