undefined
Reprodução
Prefeitura de Caxias do Sul quer esclarecimentos da empresa do segurança por falha na prestação dos serviços

A Prefeitura de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, apura as imagens de um idoso sendo molhado por seguranças. Segundo o munícipio, o senhor, que aparece em um vídeo divulgado nas redes sociais no último fim de semana, foi localizado nesta segunda-feira (21).

Leia também: Jovem morre após ser atingido por raio enquanto acampava no litoral de São Paulo

O homem tem 56 anos e é assistido há 15 pela Fundação de Assistência Social (FAS) e pela Secretaria Municipal da Saúde de Caxias do Sul . Atualmente, ele está internado em um serviço de saúde para tratamento do uso de bebidas alcoólicas.

De acordo com a Secretaria da Cultura, a prefeitura encaminhará um ofício à empresa responsável pela contratação do segurança para solicitar esclarecimentos por falha na prestação dos serviços. A prefeitura també vai fazer o acompanhamento social ao senhor envolvido. Enquanto contratante, o munícipio está apurando a situação da empresa de maneira administrativa, a fim de averiguar o descumprimento de contrato e possíveis sanções cabíveis.

Leia também: Militares são flagrados dançando hit "Jennifer" em embarcação oficial da Marinha

Em nota, a prefeitura ressaltou que a responsabilização criminal do caso dependerá do registro de Boletim de Ocorrência por parte do senhor identificado. "A prefeitura está à disposição para informar todos os dados que apurou sobre o caso às autoridades."

A prefeitura informou ainda que a empresa de segurança prestou serviços à Secretaria Municipal da Cultura durante a realização do Caxias Mais Presente, na Praça Dante Alighieri, no mês de dezembro. Essa contratação foi necessária porque o Município não dispunha de Guardas Municipais suficientes, no horário das 19h às 8h, para fazer a segurança dos eventos e da decoração natalina. No período da noite, a Guarda também é responsável pela segurança dos prédios públicos.

Leia também: Município do interior de São Paulo pinta ruas de azul para diminuir calor

Na nota, a prefeitura de Caxias do Sul reforçou “que é totalmente contra qualquer tipo de ato que venha a ferir a dignidade humana e espera que o caso seja completamente esclarecido pelas autoridades competentes, antes de emitir qualquer juízo. O Município também se coloca à disposição para prestar informações referentes à contratação da empresa, auxiliando na busca pela verdade dos fatos”.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários