Tamanho do texto

Chamas, provocadas por pane em motor de ar-condicionado, foram controladas pela própria brigada de incêndio do complexo médico; segundo assessoria, não houve feridos e alguns pacientes precisaram ser deslocados

Chamas atingem o Instituto do Coração (Incor) no centro de São Paulo
Divulgação
Chamas atingem o Instituto do Coração (Incor) no centro de São Paulo

Um princípio de incêndio atingiu, na manhã desta sexta-feira (18), o hospital Instituto do Coração (Incor), na região da Avenida Paulista, no centro de São Paulo. As chamas já foram controladas e ninguém ficou ferido.

Leia também: Inep antecipa prazo e divulga nota do Enem 2018; veja como consultar a sua

De acordo com o Corpo de Bombeiros, 18 viaturas foram deslocadas para o combate às chamas, que começaram em uma estrutura que funciona como uma torre de refrigeração. Esse prédio fica nas dependências do complexo hospitalar do Incor , mas em área externa.

Os bombeiros foram acionados por volta das 10h40 e, segundo a corporação, as chamas já haviam sido controladas, pela própria brigada de incêndio do instituto, por volta das 11h15.

Segundo a assessoria do Incor (veja nota ao fim do texto), nenhum paciente precisou deixar o prédio, mas cerca de 25 pacientes foram deslocados para outras alas devido à fumaça.

Leia também: Cardiologista é acusado de ter assediado quase 30 mulheres em consultas, em SP

Vídeo mostra incêndio em prédio do Incor

As chamas que provocaram uma grande coluna de fumaça, assustando a quem passasse pela região central da capital paulista nesta manhã, foram provocadas por um problema no motor de refrigeramento de um aparelho de ar-condicionado.

Ainda de acordo com a assessoria de imprensa do Instituto do Coração, ninguém ficou ferido ou precisou de atendimento por inalação de fumaça. Os atendimentos da unidade médica não foram interrompidos em nenhum momento e o funcionamento é normal neste momento – inclusive o sistema de refrigeração.

O Incor é um hospital público universitário especializado em cardiologia, pneumologia e cirurgias cardíaca e torácica. A instituição realiza 260 mil consultas médicas anualmente e é parte do Hospital das Clínicas e campo de ensino e de pesquisa para a Faculdade de Medicina da USP. 

Veja nota do Incor sobre o incêndio:

O Instituto do Coração informa que houve um princípio de incêndio na área externa do hospital, em uma torre de refrigeração próxima às cadeiras, controlado pela própria brigada do hospital. Não houve feridos. O instituto está atendendo normalmente. Cerca de 25 pacientes foram deslocados internamente em razão da fumaça e já estão retornando. Importante registrar que, em outubro de 2018, foi realizado, com os bombeiros, simulado de gerenciamento de riscos, o que tornou mais ágeis e eficientes as operações de hoje.

Leia também: Mergulhadores nadam ao lado do maior tubarão branco do mundo no Havaí; assista

Incêndio atingiu torre de refrigeração que integra complexo do Instituto do Coração (Incor)
Divulgação
Incêndio atingiu torre de refrigeração que integra complexo do Instituto do Coração (Incor)



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.