Tamanho do texto

Chuva forte causou alagamentos, queda de árvores e granizo no estado; parte da capital paulista esteve em estado de atenção, segundo a CGE

Em Cotia, um homem em carro teve que ser resgatado por moradores por conta da encete provocada pela chuva forte
Reprodução/ GloboNews
Em Cotia, um homem em carro teve que ser resgatado por moradores por conta da encete provocada pela chuva forte

A chuva forte voltou a provocar alagamentos na Região Metropolitana na tarde desta sexta-feira (11). Em Cotia, um homem que estava dentro de um carro foi arrastado pela enchente e precisou da ajuda de moradores para ser resgatado. Segundo a GloboNews , o portão de um templo budista da cidade foi derrubado pela enxurrada.

Leia também: Mulher morre ao ser atropelada por trem da CPTM em São Paulo

De acordo com o Corpo de Bombeiros de São Paulo, até as 18h, a chuva forte já havia provocado 14 enchentes e 71 ocorrências de queda de árvore em toda Grande SP e região metropolitana. De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), parte da capital paulista esteve em estado de atenção.

Houve queda de granizo em partes da zona sudeste, leste e oeste de São Paulo. A CGE chegou a emitir um estado de alerta para a subprefeitura do Ipiranga, por conta do risco de transbordamento de um córrego.

Leia também: Personal trainer desaparecida deixou carta antes de sair de academia, no Guarujá

De acordo com a CGE, as chuvas que atuaram com forte intensidade na capital paulista, se deslocaram para os municípios de Taboão da Serra, Embu, Itapecerica da Serra e Cotia, mantendo as características de temporais típicos de verão, ou seja, com forte intensidade e rajadas de vento e queda de granizo. Segundo os meteorologistas, pode chover de forma isolada no início da noite em São Paulo

Na quinta-feira, a chuva provocou atraso e cancelamentos de voo no Aeroporto de Congonhas. Dos 92 voos programados para pousar e decolar do terminal a partir das 6h de hoje (11), seis foram cancelados e 11 sofreram atrasos.

 terminal ficou fechado entre 21h15 e 22h de ontem. Segundo a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), nesse período 25 voos foram cancelados e 14 alternados para outros aeroportos. O terminal funciona das 6h às 23h.

Leia também: Suspeitos de envolvimento com a morte de família de bolivianos são presos em SP

A previsão da CGE para o sábado (12) deve ser uma repetição dos dias anteriores, com sol na parte da manhã e pancadas isoladas de chuva forte entre a tarde e o início da noite. A temperatura oscilará entre mínima de 21°C durante a madrugada e máxima de 31°C à tarde, com percentuais de umidade do ar entre 52% e 95%. O domingo (13) também terá forte calor  e madrugada com poucas nuvens e termômetros em torno dos 21°C. A máxima prevista é de 32°C.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.