Tamanho do texto

Corporações brasileiras disputam 'Oscar dos Bombeiros' em 2018 por atuação em incêndio seguido de desabamento no Largo do Paissandu, e por atendimento emergencial à população sob risco de rompimento de barragem

Corpo de Bombeiros de São Paulo trabalhou quase 300 horas após incêndio no Edifício Wilton Paes
Corpo de Bombeiros de São Paulo
Corpo de Bombeiros de São Paulo trabalhou quase 300 horas após incêndio no Edifício Wilton Paes

Atuações dos corpos de bombeiros de São Paulo e do Piauí foram selecionadas entre as dez melhores de todas as corporações do planeta em 2018. Os brasileiros agora são finalistas na categoria internacional do prêmio Conrad Dietrich Magirus, oferecido anualmente na Alemanha e considerado o "Oscar dos bombeiros".

Leia também: Homem morre após ser levado por correnteza na zona norte de São Paulo

O Corpo de Bombeiros de São Paulo foi lembrado pelo atendimento ao incêndio seguido do desabamento do edifício Wilton Paes de Almeida , ocorrido em maio. Mais de 1.700 bombeiros se revezaram dia e noite ao longo de duas semanas ininterruptas de trabalho em busca de vítimas em meio aos escombros. Quatro vítimas foram identificadas devido a esse trabalho.

Foram quase 300 horas de trabalho que resultaram na remoção de mais de três toneladas de escombros do edifício de 25 andares. A ocorrência se deu no Largo do Paissandu , coincidentemente a poucos metros da rua XV de Novembro, antiga rua do Rosário, onde nasceu o corpo de bombeiros paulista, em 1850, conforme narra o recém-lançado livro "Éramos Vinte – A História do Corpo de Bombeiros de São Paulo".

A corporação piauiense foi selecionada entre as dez melhores devido à atuação no município de José de Freitas, onde foi identificado risco de rompimento na barragem do Bezerro , com capacidade para armazenar 10 milhões de metros cúbicos de água. Os bombeiros do Estado coordenaram ações emergenciais para conseguir remover todas as famílias das áreas próximas à barragem.

Os bombeiros de São Paulo já haviam concorrido ao prêmio Conrad Dietrich Magirus em 2016 devido ao atendimento ao megaincêndio que atingiu terminal da Localfrio, no litoral paulista . Na ocasião, a fumaça tóxica provocada pela queima de ácido de cloro levou dezenas de pessoas ao hospital. A decisão para entrega do prêmio Firefighting Team Of the Year de 2018 é realizada por meio de votação popular pela internet,  neste link .

Corpo de Bombeiros do Piauí concorre por atuação em rompimento de barragem
Divulgação/Corpo de Bombeiros de Piauí
Corpo de Bombeiros do Piauí concorre por atuação em rompimento de barragem


    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.