Tamanho do texto

Durante arrastão na Tijuca, Zona Norte do Rio, pelo menos oito criminosos abordaram e fuzilaram carro de empresário, de 27 anos, que foi atingido

Um grupo de criminosos fuzilou o carro de um empresário, na Tijuca, durante um arrastão na noite desta terça-feira
Reprodução/OTT
Um grupo de criminosos fuzilou o carro de um empresário, na Tijuca, durante um arrastão na noite desta terça-feira

Criminosos fuzilaram o carro de um empresário, com dezenas de tiros, durante um arrastão na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro, na noite desta terça-feira (11). Apesar de ter sido atingido nas costas, o homem conseguiu dirigir por quase dois quilômetros e pedir socorro.

Leia também: Delegado diz que câmeras mostram que atirador planejou tiroteio em Campinas (SP)

Pelo menos oito criminosos armados esperaram o Honda Civic branco da vítima parar no semáforo vermelho para dar início ao ataque, de acordo com imagens retiradas de uma câmera de segurança da região da Tijuca e divulgadas pelo aplicativo OTT (Onde Tem Tiroteio), que monitora situações de violência no estado carioca.

Após o carro ser encurralado pelos bandidos – alguns encapuzados - que saíram de outros três veículos, o motorista tentou fugir e teve seu automóvel alvejado por inúmeros disparos de fuzis. Nas imagens, também é possível identificar um táxi em frente ao carro do motorista, que também conseguiu fugir após a abordagem.

O caso aconteceu na Rua Gonçalves Crespo, por volta de 21h30. A vítima conseguiu dirigir até uma viatura da polícia localizada na Cidade Nova, região em que se localiza a sede da prefeitura do Rio de Janeiro. O motorista foi encaminhado pelos próprios agentes para o Hospital Souza Aguiar, porém ainda não se sabe quantos disparos atingiriam o empresário e qual é o seu estado de saúde atual.

Leia também: Tiroteio em mercado de Natal na França deixa três mortos e 12 feridos

Os criminosos estavam cometendo um roubo no local e, durante a ação, decidiram levar o automóvel do empresário. Segundo a Polícia Militar, uma viatura da polícia se deparou com um dos carros dos bandidos em fuga.

Após o confronto, um dos criminosos – identificado como Daniel Hansmiller Alves da Silva, de 29 anos – foi baleado e levado ao mesmo hospital que a vítima, mas não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo. Os demais homens que participaram da ação conseguiram fugir da polícia. Como uma pessoa morreu durante o arrastão , a Delegacia de Homicídio assumiu as investigações do caso.

Leia também: Ataques a bancos terminam em tiroteio com 14 mortes, incluindo reféns, no Ceará

Os tiros atingiram não só a vítima, mas também os estabelecimentos situados na região do crime, como uma clínica veterinária, que teve seus vidros estilhaçados e as paredes perfuradas durante a ação. Outros estabelecimentos, como um bar do bairro, fecharam as portas antes do anoitecer devido à intensa onda de assaltos na região da Tijuca .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.