Tamanho do texto

Polícia ainda investiga se outros integrantes de quadrilha que tentou assaltar agências bancárias estão foragidos; tiroteio resultou na morte de 14 pessoas

Tentativa de assalto no município de Milagres, no Ceará, acabou em intenso tiroteio
Reprodução/O Povo
Tentativa de assalto no município de Milagres, no Ceará, acabou em intenso tiroteio

Foi preso na tarde desta sexta-feira (7) o terceiro suspeito pela tentativa de  assalto a agências bancárias que resultou em tiroteio e na morte de 14 pessoas no município de Milagres, no sul do Ceará. Dentre as vítimas estão as seis pessoas feitas reféns durante a ação criminosa. Cinco desses reféns eram da mesma família, entre eles duas crianças, de 10 e 13 anos de idade.

De acordo com o jornal local O Povo , o terceiro suspeito pelo assalto foi abordado em um posto de combustível e conduzido à delegacia de Brejo Santo, município vizinho ao local onde o crime ocorreu.

A Polícia cearense ainda busca por outros possíveis envolvidos na tentativa de assalto a agências do Banco do Brasil e do Bradesco na região central de Milagres, ocorrida por volta das 2h15 da madrugada.

Antes de se dirigirem ao alvo dos ataques, os criminosos assaltaram um caminhão que trafegava pela BR-116, no trecho entre as cidades de Brejo Santo e Milagres , e tomaram o motorista do veículo como refém. A quadrilha ainda estacionou o caminhão atravessado na rodovia, provavelmente para impedir a chegada de reforço policial de outras cidades. 

Leia também: Polícia de SP mata acusado de planejar ataques a PMs do Rio Grande do Norte

Ainda na estrada, o bando abordou também uma família de cindo pessoas que acabaram se juntando ao caminhoneiro como reféns na tentativa de assalto. Essa família viajava rumo ao município de Serra Talhada, em Pernambuco, segundo informou o prefeito da cidade de Milagres, Lielson Landim. 

A polícia cearense já investigava a quadrilha por conta de outra tentativa de assalto , ocorrida na semana anterior. Foi essa investigação que possibilitou que os policiais surpreendessem os bandidos.  

Houve intensa troca de tiros por cerca de 20 minutos, seguida de perseguição policial. Parte dos criminosos conseguiu fugir sem levar nada e duas caminhonetes usadas pela quadrilha foram apreendidas. Os policiais encontraram explosivos no interior dos veículos.

Leia também: Caminhoneiros cogitam nova greve após decisão de Fux sobre tabela de frete

O secretrário da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará , André Costa, informou na manhã desta sexta-feira que dois integrantes da quadrilha haviam sido presos e, com eles, foram apreendidas pistolas, uma espingarda calibre 12 e munição. O bando de criminosos, ainda de acordo com o secretário, atuou também em assaltos realizados em outros estados do Nordeste.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.