Tamanho do texto

Saulo de Oliveira, conhecido como Saulo Beira-Mar, era o chefe do tráfico na favela Beira-Mar, local de origem de Fernandinho. Um fuzil foi apreendido e três pessoas ficaram feridas na troca de tiros entre polícia e bandidos. Veja

Traficante conhecido como Saulo Beira-Mar foi preso na noite desta segunda-feira (26) pela Polícia Militar no Rio de Janeiro
Divulgação/Polícia Militar
Traficante conhecido como Saulo Beira-Mar foi preso na noite desta segunda-feira (26) pela Polícia Militar no Rio de Janeiro

A Polícia Militar do Rio de Janeiro (PM-RJ) prendeu na noite desta segunda-feira (26) o chefe do tráfico de drogas na favela Beira-Mar, em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, Saulo de Oliveira, conhecido como Saulo Beira-Mar e considerado o braço direito do traficante Fernandinho Beira-Mar, um dos maiores traficantes de drogas do País que está preso na Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

Leia também: Temporal causa alagamentos e deixa o Rio de Janeiro em estágio de atenção

Durante a prisão de Saulo, houve troca de tiros entre policias militares do 15º Batalhão da Polícia Militar (BPM), de Duque de Caxias, e os criminoso. Segundo a PM-RJ, três suspeitos foram baleados e pelo menos um fuzil e uma pistola foram apreendidos.

Saulo Beira-Mar chegou à delegacia do batalhão por volta das 22h20, mas nem assim os criminosos se deram por vencidos. O setor de Inteligência da Polícia Militar apurou que um traficante aliado na favela Jardim Gramacho, também no município de Duque de Caxias, estava reunindo homens fortemente armados para resgatar Saulo.

Leia também: Quadrilha com mais de 100 homens causa madrugada de terror em cidade do Maranhão

Um Grupo de Atuação Tática (GAT) do 15º BPM precisou ser enviado ao local e houve nova troca de tiros entre policiais e criminosos. Neste novo confronto, mais um homem foi baleado e mais uma pistola foi apreendida. Não há informação de vítimas fatais e Saulo de Oliveira, braço direito de Fernandinho Beira-Mar , continua preso.

Pelo menos um fuzil e quatro pistolas foram apreendidos após duas trocas de tiros entre policiais militares e criminosos
Divulgação/Polícia Militar
Pelo menos um fuzil e quatro pistolas foram apreendidos após duas trocas de tiros entre policiais militares e criminosos

Dessa forma, Saulo Beira-Mar se junta à lista de outros traficantes que atuavam nas comunidades carentes do Rio de Janeiro sob o comando de Fernandinho Beira-Mar, mesmo de dentro da prisão, e que forma presos em 2018.

Leia também: Justiça adia julgamento do processo mais antigo do País, que já dura 123 anos

Isso porque, em setembro, a Polícia Militar do Rio de Janeiro prendeu Gabriel Junior Pinto de Brito, conhecido como Verruga, no Hospital Getúlio Vargas, na Penha, após ser ferido durante uma operação policial na região. Antes, em julho, o traficante Luis Paulo Santos Oliveira, conhecido como LP, foi preso também em Duque de Caxias, mesmo local da prisão, agora, de Saulo Beira-Mar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.