O venezuelano tinha ferimentos nas mãos, o que indica que ele tentou se defender do ataque, segundo relatou a polícia; vítima morava nas proximidades da rodoviária de Rorainópolis e não tinha identidade
Marcelo Camargo/Agência Brasil
O venezuelano tinha ferimentos nas mãos, o que indica que ele tentou se defender do ataque, segundo relatou a polícia; vítima morava nas proximidades da rodoviária de Rorainópolis e não tinha identidade

Um venezuelano ainda não identificado foi morto a tiros e golpes de facão na noite desta sexta-feira (31) em Rorainópolis, cidade do interior de Roraima . Nenhum suspeito foi preso. As informações são da Polícia Militar (PM) local.

Leia também: “Ato desumano”, diz Temer sobre fechar fronteira com a Venezuela

Segundo um sargento da PM, o venezuelano , que era morador de rua, teria se envolvido em uma briga de bar há alguns dias. Às autoridades, testemunhas relataram ter visto dois homens próximos à área onde o corpo da vítima foi encontrado.

Ainda de acordo com o policial, as testemunhas também disseram ter ouvido barulhos de tiro e pedidos de socorro vindos do lugar. O local do crime fica próximo a uma mata, por onde os executores fugiram.

Você viu?

O delegado de Rorainópolis, Cid Guimarães, informou que uma investigação foi aberta para identificar os assassinos do venezuelano; ainda não se sabe sobre a motivação do crime
Ibama
O delegado de Rorainópolis, Cid Guimarães, informou que uma investigação foi aberta para identificar os assassinos do venezuelano; ainda não se sabe sobre a motivação do crime

Os suspeitos chegaram a ser vistos pelos policiais militares que estavam nos arredores. Os oficiais relataram que os fugitivos queriam decapitar o venezuelano, mas não conseguiram - e correram ao ver o carro dos PMs se aproximar.

A vítima tinha ferimentos nas mãos, o que indica que ele tentou se defender do ataque, segundo relatou a polícia. O venezuelano morava nas proximidades da rodoviária da cidade e não tinha identidade.

O delegado de Rorainópolis , Cid Guimarães, informou que uma investigação foi aberta para identificar os assassinos do morador de rua. Ainda não se sabe sobre a motivação do crime, apenas as armas utilizadas.

Leia também: Plano econômico de Maduro passa a valer na Venezuela sem cinco zeros na moeda

O corpo do venezuelano foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) e levado para Boa Vista, capital de Roraima, para autópsia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários