Tamanho do texto

Ela deixou o presídio de Tremembé na manhã desta quinta-feira (10) ao lado do noivo; o benefício é garantido aos detentos em regime semiaberto, cinco vezes ao ano. Quem também deixou a cadeia hoje foi Anna Carolina Jatobá

Suzane von Richthofen deixou a prisão na manhã de hoje ao lado do noivo; ela passará o Dia das Mães em Angatuba (SP)
Luara Leimig/TV Vanguarda
Suzane von Richthofen deixou a prisão na manhã de hoje ao lado do noivo; ela passará o Dia das Mães em Angatuba (SP)

Suzane von Richthofen deixou a penitenciária feminina de Tremembé (SP) na manhã desta quinta-feira (10) para passar o  Dia das Mães em liberdade . Ela saiu acompanhada do noivo, quem já a esperava na saída do presídio, onde cumpre pena desde 2006. 

Leia também: Suzane é tietada e requisitada para selfies durante saídas temporárias

Ela irá passar o feriado em Angatuba, no interior de São Paulo, onde o noivo, que é empresário, vive. Segundo informações do jornal Estadão , Suzane von Richthofen deve retornar à prisão até as 17h da próxima terça-feira (15).

O benefício de liberdade é concedido a presidiários em regime semiaberto, em que ela se encontra há três anos, que apresentam bom comportamento.

Leia também: Suzane ganha aval para estudar dentro de cadeia

Outra detenta "famosa" que saiu da prisão hoje é Anna Carolina Jatobá, condenada a 26 anos e oito meses pela morte da menina Isabela Nardoni, sua enteada. Não foi informado o destino de Anna Carolina, mas, assim como Suzane, ela deve retornar ao presídio na próxima terça. 

Suzane pode sair da cadeia

Vale destacar que a Defensoria Pública de Taubaté entrou com pedido de progressão de regime aberto, o que a defesa pleiteia desde junho do ano passado. Com isso, ela pode ganhar o direito de cumprir o restante da pena em regime aberto e, desse modo, o feriado do Dia das Mães pode ser o último que passa sob condição de detenta em Tremembé .

Leia também: Ex-namorado de Suzane von Richthofen, Daniel Cravinhos deixa a cadeia

No dia 3 de maio, Suzane foi submetida ao teste de Rorschach, o chamado "teste do borrão de tinta", que é uma avaliação psicológica feito pela Justiça . Ela estaria relutante em se submeter ao procedimento, e a defesa tentou argumentar que teria direito a sair da cadeia por ter cumprido "tempo suficiente de pena" e também por apresentar "bom comportamento". Há expectativa de que seja concedido a ela o regime aberto.

Em 2002, Suzane von Richthofen foi condenada a 39 anos de prisão pelo assassinato dos pais, Manfred e Marísia von Richthofen, tendo atuado no crime ao lado do então namorado, Daniel Cravinhos, e o irmão dele, Cristian Cravinhos.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.