Tamanho do texto

No primeiro turno, tucano tem 24% das intenções de voto contra 19% de Paulo Skaf; Luiz Marinho (PT) aparece em terceiro lugar com apenas 4%

Pesquisa Ibope aponta uma pequena vantagem de João Doria (PSDB) na corrida eleitoral ao governo de São Paulo
Reprodução
Pesquisa Ibope aponta uma pequena vantagem de João Doria (PSDB) na corrida eleitoral ao governo de São Paulo

A pesquisa Ibope, encomendada pela Band e divulgada nesta terça-feira (24), aponta uma pequena vantagem de João Doria (PSDB) na corrida eleitoral ao governo de São Paulo. O tucano, numericamente à frente com 24% das intenções de voto, é seguido por Paulo Skaf (MDB) com 19% das menções.

Leia também: Lula lidera corrida presidencial no estado de São Paulo, aponta pesquisa

Com a margem de erro da pesquisa Ibope que é de três pontos percentuais para mais ou para menos, os dois candidatos ficam em situação de empate técnico. Em terceiro lugar, Luiz Marinho (PT), ex-prefeito de São Bernardo do Campo, aparece com 4% das intenções. Seguido pelo atual governador do Estado, Márcio França (PSDB), com 3%.

Já em quinto lugar, o autor do livro “Vem Pra Rua”, Rogério Chequer (NOVO), tem 2% das intenções. Candidata do Psol, Professora Lisete Arelaro, aparece com 1%. Alexandre Zeitune (REDE) não pontuou. Branco e nulos somaram 37%, não sabe ou não respondeu são 11%.

Projeções de segundo turno

Em um cenário com João Doria e Márcio França no segundo turno, o tucano aparece com 39% dos votos contra o pré-candidato do PSB com 20%. Brancos e nulos somam 33%. Não sabem ou não responderam são 8%.

Em outra projeção, com João Doria disputando o segundo turno com Luiz Marinho, o tucano tem 41% das intenções de voto, enquanto o petista obtém 21%. Brancos e nulos somam 31%. Não sabem ou não responderam são 7%.

O terceiro cenário mostra ainda empate entre João Doria e Paulo Skaf. O tucano aparece com 32% enquanto o adversário do MDB tem os mesmos 32%. Brancos e nulos somam 30%. Não sabem ou não responderam são 6%.

Em outra virtual disputa, Luiz Marinho tem 26% no segundo turno com Márcio França, que obtém 19%. Brancos e nulos somam 40% nesse cenário. Não sabem ou não responderam são 14%.

Leia também: Ministros do STF admitem possível liberdade e candidatura de Lula

Já no cenário do segundo turno em que Paulo Skaf disputa o segundo turno com Márcio França, o candidato do MDB aparece com 40%, enquanto França, do PSB, surge com 17%. Nesta projeção, brancos e nulos são 34%. Não sabem ou não responderam são 9%.

No último cenário analisado, Paulo Skaf tem 40% em uma virtual disputa de segundo turno com Luiz Marinho, que obtém 20%. Brancos e nulos somam 32%. Não sabem ou não responderam são 9%.

Rejeição

A pesquisa também fez levantamento com rejeição de voto entre os pré-candidatos a governador do Estado de São Paulo. Doria e Skaf lideram praticamente empatados com 33% e 32%, respectivamente.

Aleixandre Zeitune tem 25% de rejeição, seguido pela professora Lisete Alerato e Rogerio Chequer, ambos com 23%. Luiz Marinho é o sexto da lista com 20%. O atual govenador do estado, Mário França, tem 17%. Poderia votar em todos são 6%. Não sabe ou não respondeu somaram 12%.

Senador

Entre os senadores, que disputarão duas vagas para representar o Estado de São Paulo no Senado, o apresentador da Band José Luiz Datena surge com 33% das intenções de voto. Eduardo Suplicy obtém 32%, Marta Suplicy 25%, Pastor Marco Feliciano 14%, Aloysio Nunes 11%, José Aníbal 6% e Jilmar Tatto 4%. Brancos e nulos somam 46%. Não sabem ou não responderam, 11%.

Leia também: Marco Aurélio libera para votação ações no STF sobre prisão após 2ª instância

Pesquisa

O Ibope entrevistou 1008 eleitores entre os dias 20 e 23 de abril. A margem de erro máxima estimada é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo Nº SP-02654/2018 e no Tribunal Superior Eleitoral sob protocolo Nº BR-00314/2018.