Tamanho do texto

Além dos alagamentos em dezenas de pontos da cidade, as fortes chuvas no Rio de Janeiro também causaram quedas de árvores, galhos, e um deslizamento e afundamento de pista na Estrada Santa Maria; veja mais

Diversos pontos da capital apresentaram alagamentos e quedas de árvores por causa das fortes chuvas no Rio de Janeiro
Divulgação/Centro de Operações Rio
Diversos pontos da capital apresentaram alagamentos e quedas de árvores por causa das fortes chuvas no Rio de Janeiro

As fortes chuvas no Rio de Janeiro estão causando diversos transtornos na capital fluminense, além de municípios de diversas regiões, tais como alagamentos e deslizamentos. No Rio, a manhã desta segunda-feira (8) apresentou problemas na zona oeste, como Barra da Tijuca, Recreio, Campo Grande e Jacarepaguá; zona norte, como Madureira e Penha. Já no centro, há ao menos 18 pontos problemáticos. A cidade está em estágio de atenção.

Leia também: Assalto a banco tem explosão e termina com refém e três bandidos mortos em Goiás

Além dos alagamentos em dezenas de pontos da cidade, as fortes chuvas no Rio de Janeiro também causaram quedas de árvores, galhos, e um deslizamento e afundamento de pista na Estrada Santa Maria, próximo ao cruzamento com a Estrada do Tingui, em Campo Grande.

O transporte público também apresenta problemas por causa das chuvas. Foram relatados problemas de funcionamento dos trens e do BRT. De acordo com a SuperVia, a circulação do ramal Belford Roxo foi prejudicada ontem por causa de pontos de alagamentos ao longo da via férrea. O serviço só voltou a funcionar às 6h50. Já o ramal de Saracuruna voltou apenas às 8h.

Ontem, em apenas uma hora – entre 20h15 e 21h15 –, a estação pluviométrica da Barra/Barrinha, na zona oeste, registrou 50,6 mm de água, o que corresponde a 33% do total esperada para o mês de janeiro. Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio (COR), as estações Barra/Riocentro e Campo Grande, ambas na zona oeste, e da Penha, na região norte, também apresentaram 20% do total de chuva esperada para o mês. 

Leia também: Homens armados com fuzis explodem agência bancária no Rio de Janeiro

E os cariocas ainda devem ficar atentos hoje, pois a previsão do tempo para o dia, de acordo com o Alerta Rio, é de céu encoberto e nublado, com chuva fraca a moderada pela manhã, e pancadas de chuva a partir da tarde. Também há chances de rajadas de vento moderado e forte, principalmente no período da noite. Para a segunda, é esperada temperatura máxima de  28°C e mínima de 19°C.

Outras cidades afetadas

Além da capital, outros municípios também registraram forte chuva na noite de domingo, como na da região Metropolitana, da Baixada Fluminense e da região Serrana .

As cidades da região Serrana estão em estágio de atenção desde a última quinta-feira (4). No último sábado, houve deslizamentos sem vítimas em Teresópolis, Nova Friburgo e Trajano de Moraes.

De acordo com o sistema de Alerta de Cheias do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), na região hidrográfica do Rio Piabanha, os rios Paquerer, Meudon, Fisher, Príncipe e Quebra Frascos, todos em Teresópolis, se encontrando em estágio de vigilância.

Já os rios Quitandinha, Palatinado, Piabanha e Cuiabá, em Petrópolis, têm estágio de atenção. Várias estações pluviométricas da cidade registram acumulado na faixa de 20 mm de chuva nas últimas 24 horas, chegando a 41 mm na estação de Araras. Em Nova Friburgo e Bom Jardim, os rios monitorados pelo Inea estão em estágio de vigilância, sem registro significativo de chuvas nas últimas 24 horas.

Leia também: Cármen Lúcia realiza inspeção em presídio de Goiás onde ocorreram rebeliões

Na bacia da Baía de Guanabara, o Rio Saracuruna, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, está em estágio de alerta, com acúmulo de 29mm de chuva nas últimas 24 horas. Os rios Inhomirim e Capivari estão em estágio de atenção.

Angra dos Reis, na Bacia da Ilha Grande, na Costa Verde, também está em fase de atenção, com acumulado de 38,6mm de chuva em 24 horas. Na região do Médio Paraíba do Sul, o Rio Barra Mansa trasbordou no município de Barra Mansa, com acumulado de 60,2mm de chuva em 24 horas. 

Alerta Rio

Os cariocas podem ficar informados sobre as fortes chuvas no Rio de Janeiro por meio do aplicativo do Sistema Alerta Rio, que pode ser baixado nos sistema Android e iOs.

*Com informações da Agência Brasil

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.