undefined
Reprodução/Twitter Márcio Machado
Imagem mostra parte despencada da marquise, no Ibirapuera, onde havia skatistas no momento do acidente

Parte do teto da marquise do parque do Ibirapuera , na zona Sul de São Paulo, despencou na noite desta quarta-feira (22). Alguns skatistas e frequentadores estavam no local no momento do acidente, mas ninguém ficou ferido. 

Leia também: Operação acha drogas, armas e até motel improvisado dentro de presídio em Goiás

Obra do arquiteto Oscar Niemeyer, a marquise do Ibirapuera tem um total de 27 mil metros quadrados. Segundo informou, em nota, a Prefeitura de São Paulo, uma primeira análise indica que o pedaço que se desprendeu ontem, por volta das 21h, "não tinha função estrutural e fazia parte do revestimento original da construção de 1954". A área afetada corresponde a 9,45 metros quadrados. Ainda segundo a prefeitura, os reparos devem se iniciar imediatamente depois que os especialistas definirem quais serão as obras necessárias para o restauro.

Em 2010, após processo de licitação de mais de um ano, a marquise começou a ser restaurada a um custo de R$ 17 milhões.  Contudo, após três anos de reforma, a parte recuperada foi inaugurada e já apresentou goteiras e pontos de alagamento. Próximo à parte desabada nesta quinta, é possível encontrar diversas infiltrações.

O local afetado liga parte da área verde do parque com diversas estruturas, como o Museu Afro Brasil, a Oca, o Pavilhão das Culturas e a Bienal. A marquise é bastante movimentada, já que é bastante frequentada por skatistas e patinadores, além de abrigar feirinhas nos fins de semana e ser um ponto de encontro no parque. Inclusive, muitos "rolezinhos" marcados pela internet são realizados na área.

Leia também: Nova certidão de nascimento poderá ter nome de padrasto e madrasta

Ainda de acordo com a nota da Prefeitura de São Paulo , a área em que aconteceu a queda do material foi isolada logo após o incidente, e que também é possível ver diversas infiltrações próximas ao ponto afetado.

 Investigação de causa

Depois do incidente, as Secretarias do Verde e do Meio Ambiente e de Serviços e Obras encaminharam engenheiros e técnicos para o local para que avaliasse a área do desabamento. Na manhã de hoje, a prefeitura informou que um laudo para identificar as causas da queda de parte do revestimento inferior do teto já está em produção. 

Leia também: Ex-estagiário da Justiça Federal é preso por repassar dados a criminosos

Também nesta quinta, deverá ser decidido se haverá necessidade de interdição parcial e/ou total na marquise do parque Ibirapuera. Os engenheiros e técnicos das secretarias devem concluir os trabalhos hoje. Inaugurada no Parque Ibirapuera em 1954, a Marquise José Ermírio de Moraes passou por reformas diversas vezes, sendo que a última delas custou R$ 14,6 milhões em 2012. 

*Com informações da Agência Ansa

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários