undefined
Reprodução/Facebook
No fim do dia, Mariana Vakahara não voltou para casa; não se sabe se ela chegou a fazer a prova do Enem

A família da estudante Mariana Vakahara , de 19 anos, localizou a candidata, que estava desaparecida desde a tarde desse domingo (5), quando saiu de casa para realizar a primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em uma universidade da zona sul de São Paulo. 

Leia também: Fez a primeira prova do Enem? Veja dicas do que fazer no 'intervalo' até domingo

Mariana foi encontrada próximo a Campos do Jordão, a 198 km de São Paulo, na tarde desta segunda-feira (6). Ela havia sido deixada pela própria família em frente à Universidade Paulista (Unip), no bairro da Aclimação, minutos antes da prova do Enem , que teve início às 13h. Porém, no fim do dia, não voltou para casa. 

Depois de esperar a jovem acabar a prova e tentar entrar em contato com a estudante, a família de Mariana foi até a universidade, pela noite, e não a encontrou. 

Não se sabe ao certo o que aconteceu com a estudante, mas ela passa bem. "Gostaria de informar que a Mariana foi encontrada. Agradeço o apoio e o carinho de todos em busca de minha irmã", escreveu a irmã de Mariana, Carol Naomi, nas redes sociais.

"Peço desculpas por não conseguir explicar exatamente o que aconteceu. Ainda não tenho as informações certas. Sei que ela foi encontrada em Campos do Jordão, mas ainda não sei o que houve. Mas gostaria muito de dizer obrigada a todos que ajudaram!", escreveu.

Mais cedo, também nas redes sociais, Carol publicou uma foto da candidata e pediu por notícias. "Ela tem 19 anos e estava vestindo uma camiseta branca, legging preta e um casaco verde. Ela desapareceu hoje. Foi fazer a prova do Enem na UNIP Paraíso e não foi mais vista. Por favor, me ajudem a achá-la", escreveu Carol.

"Estou desesperada!!! Minha família também! Por favor, qualquer notícia entrar (sic) em contato comigo", escreveu a irmã da candidata.

De acordo com as informações divulgadas pelo perfil, um boletim de ocorrência de desaparecimento foi registrado pela família no 78º DP (Distrito Policial), no bairro dos Jardins, pela noite.

Leia também: Enem tem maior índice de faltas desde 2009, com abstenção de 30% dos candidatos

Segundo uma tia da adolescente, um fiscal da prova, que estava responsável pela sala dela, se lembra de ter chamado o seu nome, mas ninguém respondeu. A lista de presença no exame é lacrada e enviada por correio, por conta disso, não é possível conferir se Mariana estava ou não na sala onde a prova foi aplicada e se chegou a fazer o exame.

Primeiro domingo do Enem

O primeiro dia de provas testou os conhecimentos dos estudantes sobre linguagens (língua portuguesa e língua estrangeira) e ciências humanas (geografia, história, filosofia, sociologia e conhecimentos gerais). Também foi pedido aos alunos a prova de redação, que neste ano teve como tema os "desafios para a formação educacional de surdos no Brasil" .

Leia também: Candidatos do Enem reclamam de torcida negativa nos portões

O segundo dia de provas será em 12 de novembro, com questões de matemática e ciências da natureza. Este é o primeiro ano que o Enem é realizado em dois domingos consecutivos. Até o ano passado, as provas eram realizadas em um único fim de semana – sábado e domingo.

*Com informações e reportagem da Agência Brasil

    Leia tudo sobre: enem

    Veja Também

      Mostrar mais