Tamanho do texto

Com sinal digital de alta definição, canais abertos conseguem oferecer um produto de melhor qualidade até mesmo do que é recebido nos canais pagos

Milhões de moradores da capital paulista e de cidades da Grande São Paulo passaram a usufruir do que há de mais adiantado em tecnologia de transmissão de televisão, ao receber desde o final de março apenas o sinal digital – de altíssima  qualidade – em seus aparelhos televisores através das emissoras de TV aberta.

Sinal digital: RedeTV, Record e SBT ameaçadas. Empresários e empregos em risco

Número de assinantes de TV por assinatura tem queda nos últimos dois anos, diz Anatel
shutterstock
Número de assinantes de TV por assinatura tem queda nos últimos dois anos, diz Anatel

Com o sinal digital de alta definição, algumas das maiores e mais importantes emissoras de  TV aberta  do Brasil oferecem um conteúdo de informação e entretenimento de melhor qualidade até mesmo do que canais que são pagos. Como exemplo a RedeTV, Record e SBT possuem hoje muito mais tecnologia para seus telespectadores usufruírem, além de uma diversificada grade de programação que vai de filmes e telenovelas até jornalismo, documentários e entretimento.

Leia também: SBT, Record e RedeTV! deixam a programação das operadoras de TV por assinatura

Mas infelizmente isso não é garantia de que a qualidade das TVs abertas brasileiras estejam na sua televisão por assinatura. O motivo é a ausência de um acordo comercial  entre algumas destas emissoras de TV aberta e as operadoras de TV por assinatura NET, Claro e SKY. Ao mesmo tempo que estas operadoras cobram pela assinatura de seus clientes, elas exigem receber o sinal digital das emissoras de TV aberta de forma gratuita. É determinado, pela lei que regulamenta o serviço de TV por assinatura no Brasil, que as operadoras ofereçam canais abertos, entretanto com a digitalização o compromisso não é mais exigido.

Quem sofre o efeito disso é o consumidor de TV paga, que de um dia para o outro perdeu parte da programação que havia contratado, mas não teve o valor da sua assinatura reduzido. Caso a NET, Claro e SKY continuem com sua atual politica e nenhum acordo seja realizado, os consumidores das demais cidades do Brasil que tiverem o sinal analógico desligado serão afetadas da mesma forma.

Curiosamente, para o consumidor resolver essa situação e ter acesso a programação digital da RedeTV, Record e SBT, só precisa sintonizar esses canais gratuitamente em vez de ter o custo de uma assinatura que não fornece o conteúdo destas redes de TV aberta.

Leia também: Vivo TV sai na frente: é a única operadora com sinal da Record, SBT e RedeTV!

Vale lembrar que o telespectador da TV aberta leva outra vantagem sobre o produto oferecido pelos canais de assinatura. Dificilmente, você tem problemas de queda de sinal com os canais abertos, eles não perdem em função de chuvas,  ventania, ou manutenções, algo mais comum de acontecer com as TVs pagas. 

Pensando apenas no consumidor, as redes de TV por assinatura precisam resolver e rapidamente a situação com os canais abertos. A população que paga por esse serviço não pode ficar sem esse produto de qualidade. Isso sem tocar na questão de mercado, já que as operadoras que oferecem os canais fechados não param de perder audiência.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.