Telegram
Reprodução/ IstoÉ Dinheiro
Telegram


Três contas ligadas ao blogueiro bolsonarista Allan dos Santos foram bloqueadas pelo Telegram neste sábado (26). A  medida atende a uma decisão judicial, proferida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes.


A ordem foi publicada ontem, com prazo de 24 horas para o cumprimento sob pena de multa e suspensão da plataforma no Brasil . Com isso, o Telegram, que já ignorou outras decisões de Moraes, obedeceu dessa vez. 


Segundo a Folha de S. Paulo, essa foi a primeira vez que a plataforma acatou uma decisão da justiça brasileira.

Leia Também


O blogueiro é investigado por suspeita de integrar a milícia digital responsável por ataques a instituições democráticas. Mas ele não se intimidou. Após o bloqueio dos três canais - @allandossantos, @tercalivre [email protected] -, ele usou um quarto, não alcançado pela decisão judicial para se pronunciar.



“Não é o meu canal que foi derrubado. É o Brasil que está no mesmo patamar da China, da Coreia do Norte, de Cuba etc. (...) Vocês que estão no Brasil é que não podem acessar. As pessoas que estão aqui nos Estados Unidos podem acessar normalmente. Porque, aqui, eles estão em país livre”, declarou. Antes do bloqueio, ele fez ataques ao ministro e prometeu criar novos canais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários