Nova Alegria - Bahia, foi uma das cidades mais afetadas pelas tempestades
Divulgação
Nova Alegria - Bahia, foi uma das cidades mais afetadas pelas tempestades

As fortes chuvas que provocaram situações de emergência no sul da Bahia estão previstas para diminuir de intensidade ao longo da semana. Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) não há previsão de chuvas intensas até a próxima terça-feira (14). Em Minas, ainda há alertas ativos até 10h de amanhã.

Esse aviso relata risco de fortes chuvas em 576 municípios e 283 cidades. A região do Vale do Jequitinhonha (MG), uma das mais afetadas pelas tempestades , também deve ter chuvas menos fortes até terça.

Ao todo, 1900 pessoas ficaram desabrigadas na divisa de MG com a Bahia, conforme apurou a Defesa Civil. O governo do estado declarou 31 municípios em situação de emergência.

Chuva forte deixou desabrigados em Ouro Preto (MG), mas para MG, haverá trégua
Prefeitura de Ouro Preto/Reprodução
Chuva forte deixou desabrigados em Ouro Preto (MG), mas para MG, haverá trégua

Na Bahia, após quase uma semana de chuvas torrenciais que deixaram casas inundadas, rios transbordados e estradas e pontes destruídas e algumas cidades incomunicáveis, os alagamentos deixaram cinco mortos e mais de 3.000 pessoas desabrigadas . Ao todo, 70.000 pessoas foram afetadas.

Infelizmente, a Climatempo afirma que, apesar de algumas janelas de trégua, até o fim de semana que vem, ainda são esperadas fortes chuvas nessas regiões. A chuva será volumosa nos três estados do Centro-Oeste, no Distrito Federal, em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e sobre muitos estados da região Norte.

A previsão é de uma sequência de dias com bastante nebulosidade e com chuva que vai e volta nessas áreas, inclusive nas capitais São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Goiânia, Brasília, Campo Grande e Cuiabá.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários