Tornado nos estados centrais dos EUA segue obrigando equipes de resgate a procurar vítimas
Divulgação
Tornado nos estados centrais dos EUA segue obrigando equipes de resgate a procurar vítimas

O resgate continua à procura de sobreviventes nos Estados Unidos, por conta do tornado que assolou Arkansas, Illinois, Kentucky, Missouri e Tennessee, entre a noite de sexta (10) e a madrugada de sábado (11). Ao menos 100 mortes foram confirmadas. Ainda não há número total de mortos e desaparecidos, mas o próprio presidente Joe Biden afirma que o evento foi o mais catastrófico na história dos EUA.

"E ainda não sabemos quanta vidas foram perdidas, nem o alcance total do dano". Só no estado do Kentucky foram registrados 70 mortos, muitos deles trabalhadores de uma fábrica de velas, e pelo menos seis morreram em Illinois no desabamento de um depósito da Amazon que processava encomendas para o Natal.

A Cruz Vermelha americana informou que estava trabalhando para disponibilizar ajuda nos cinco estados. Beshear declarou estado de emergência em Kentucky e antecipou ter mobilizado dezenas de funcionários de buscas e resgate junto com a guarda nacional. Mais de meio milhão de casas em vários estados ficaram sem eletricidade.

Joe Biden se manifestou com muito pesar sobre a situação nos 5 estados americanos
O Antagonista
Joe Biden se manifestou com muito pesar sobre a situação nos 5 estados americanos

A cidade de Mayfield, no oeste de Kentucky, foi o epicentro da tempestade. A pequena cidade de 10.000 habitantes teve quarteirões devastados, casas e prédios históricos desmoronados e reduzidos a escombros, troncos de árvores sem os galhos, carros revirados.

Os boletins indicam que o número total de tornados que atingiu a região ficou próximo de 30. Pelo menos 13 pessoas morreram em outros estados atingidos pelo fenômeno, elevando o balanço total a 83. No Arkansas duas pessoas morreram, uma delas estava em uma casa de repouso em Monette que foi "praticamente destruída" pelo tornado, segundo um funcionário do condado. Outras quatro mortes foram confirmadas no Tennessee e uma no Missouri.

"É indescritível, o nível de devastação é diferente de tudo que eu já tinha visto", disse o governador do estado, Andy Beshear, em uma coletiva de imprensa em Mayfield. "Acredito que este deve ser o sistema de tornados mais mortal que já passou por Kentucky", acrescentou.

Neste sábado os ventos descarrilaram um trem perto de Earlington, Kentucky, e um dos 27 vagões subiu quase 70 metros e aterrissou sobre uma casa. Ninguém se feriu. Pelo menos 40 pessoas foram resgatadas em uma fábrica de velas cujo teto colapsou.

Diante de tornados, há muito pouco o que se possa fazer. Um trem chegou a ser descarrilhado
Reprodução
Diante de tornados, há muito pouco o que se possa fazer. Um trem chegou a ser descarrilhado

"Estamos presos, por favor, todos, consigam alguma ajuda para nós", pede uma mulher com a voz embargada, enquanto ao fundo era possível ouvir um de seus colegas de trabalho queixando-se. "Estamos na fábrica de velas de Mayfield (...) Por favor, todos vocês. Rezem por nós". A mulher, Kyanna Parsons-Perez, foi resgatada após ter ficado imobilizada debaixo de um bebedouro.

"Quando fui à Prefeitura esta manhã, parecia uma caixa de fósforos", disse à CNN a prefeita de Mayfield, Kathy O'Nan. "Nossas igrejas do centro foram destruídas, nosso palácio de justiça (...) está destruído, nosso sistema de água não está funcionando no momento, não há energia", disse.

"Parece que explodiu uma bomba", disse à AFP Alex Goodman, morador de Mayfield de 31 anos. David Norseworthy, um empreiteiro de 69 anos de Mayfield, contou que a tempestade levou seu telhado e sua varanda, enquanto a família estava escondida em um refúgio. "Nunca tivemos algo assim aqui", disse à AFP.

Em um estacionamento no centro de Mayfield, voluntários coletavam roupas de frio, fraldas e água para os moradores. O tornado que atingiu Mayfield percorreu uma distância por terra de cerca de 321 km apenas em Kentucky, e de 365 km no total, segundo Beshear.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários