Rosana de Melo, secretária de enfrentamento à Covid
Reprodução/ G1
Rosana de Melo, secretária de enfrentamento à Covid


Em meio às discussões sobre a realização ou não do Carnaval , a secretária extraordinária de enfrentamento à Covid-19 do Ministério da Saúde firmou posição contra os festejos. Para Rosana de Melo, o evento "não deve acontecer em 2022".


A declaração foi dada nesta quarta-feira (8), em audiência pública realizada na Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados. Na ocasião, Rosana defendeu que qualquer decisão a favor do evento é precipitada, já que, mesmo com as vacinas, o vírus continua sendo transmitido e as aglomerações típicas da festa não são recomendadas no atual contexto de pandemia.


Segundo a Agência Câmara, além da secretária, o assessor técnico do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Fernando Avedanho, disse que o momento é de precaução, especialmente porque o perfil da festa dificulta o  cumprimento de medidas sanitárias de distanciamento social e uso de máscaras.



De acordo com a publicação, a audiência contou ainda com as participações da presidente da Associação Brasileira de Promotores de Eventos (Abrape), Doreni Caramori, do presidente do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur), Bruno Wendling, a diretora-adjunta da Anvisa, Daniela Cerqueira. O debate foi idealizado pelo deputado federal Bacelar (Pode-BA).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários