Presidente do PTB está preso há quase dois meses
Reprodução: iG Minas Gerais
Presidente do PTB está preso há quase dois meses

Preso há quase dois meses, o presidente do PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), Roberto Jefferson, diz que reza contra o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Em vídeo enviado a aliados na última quinta-feira (14), ele repete, segurando uma Bíblia: "Oro em desfavor do Xandão".

Na tarde dessa quinta, o ex-deputado deixou o hospital no Rio onde esteve internado. Ele saiu escoltado por policiais federais para  voltar à prisão no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste. Ontem, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes determinou o "imediato retorno" para a prisão do ex-deputado, após receber informações do hospital de que ele já estava em condições de receber alta. Preso em agosto por determinação de Moraes por causa de ataques às instituições democráticas, Jefferson foi internado após ter passado por problemas de saúde na prisão.

"Diante das informações de que o quadro de saúde de Roberto Jefferson Monteiro Francisco evoluiu de modo a permitir sua alta médico-hospitalar, conforme consignado pelo Hospital Samaritano Barra - local indicado pelo próprio custodiado para o seu tratamento -, é certo que o retorno ao cárcere, neste momento processual, é a medida que se impõe, desde que, efetivamente, a alta hospitalar seja concedida pela equipe médica responsável", escreveu Moraes em sua decisão.

Veja:


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários