Bienal do Livro do Rio de Janeiro
Marcos Ramos / Agencia O Globo
Bienal do Livro do Rio de Janeiro

A organização da Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro informou que o evento está pronto para acontecer em dezembro próximo. A ideia é realizar o festival de forma híbrida ainda em 2021. Isso dependerá, entretanto, do avanço da campanha de vacinação da população na capital e no país e do cenário da pandemia de covid-19.

“Para isso, a organização está se reunindo com representantes do Poder Público e o mercado expositor e literário, a fim de promover o evento com toda segurança. O objetivo é que ele aconteça entre 3 e 12 de dezembro, quando toda a população carioca a partir de 12 anos deve estar imunizada, de acordo com o planejamento da prefeitura do Rio”. A organização lembrou que “o maior festival de cultura e literatura do país só ocorrerá se houver condições para isso”.

A Bienal deverá acontecer com 50% da capacidade de público, no Centro de Convenções do Riocentro, na Barra da Tijuca, em dois turnos, com intervalo diário de uma hora para higienização do ambiente. O planejamento prevê área total ocupada de 100 mil metros quadrados, dos quais 48 mil metros correspondem à área externa. Haverá programação virtual simultânea, que será transmitida por meio de plataforma digital.

A organização da Bienal informou ainda que o evento está sendo desenhado para oferecer aos visitantes, expositores e colaboradores total segurança e que está acompanhando o cenário da pandemia e as recomendações das autoridades sanitárias e governamentais. Um dos critérios já definidos é que, para ter acesso ao evento, pessoas maiores de 12 anos deverão apresentar o comprovante de vacinação e usar máscara obrigatoriamente.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários