Mulher presa em Porto ALegre (RS) por protestar contra Bolsonaro
Reprodução Twitter
Mulher presa em Porto ALegre (RS) por protestar contra Bolsonaro

Uma mulher foi presa nesta tarde protestando contra o presidente Jair Bolsonaro em Porto Alegre (RS). Segundo manifestantes ao redor, ela estaria sendo levada pela Brigada Militar após bater panelas .

Bolsonaro está na capital gaúcha para mais uma motociata . Foi durante esse encontro que a mulher decidiu protestar contra o chefe do Executivo federal. 

Segundo Daniela Lima, da CNN, a PM do RS diz que a mulher de 47 anos tentou chutar motociclistas. Isso em nota oficial. Fontes presentes afirmam que isso não aconteceu.

O governador Eduardo Leite confirmou a versão dos policiais. "Relatos são que a manifestante foi abordada e solicitada por diversas vezes a se afastar do leito da via, de forma a evitar acidente. Apesar das tentativas de afastar a mulher, ela desobedeceu a ordem, desacatou as PMs que a abordaram, tentou chutar motociclista e manteve ameaças", disse em nota.

Segundo a Revista Fórum, durante a manifestação, o presidente atacou o governador Eduardo Leite, que recentemente se declarou homossexual. Bolsonaro ouviu de um apoiador: “Oh, Bolsonaro, nosso governador não é gaúcho, rapaz”. O presidente, então, respondeu: “Aqui é terra de cabra macho”, arrancando aplausos dos seguidores, na maioria homens.

Você viu?

Veja o momento da prisão





    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários