Cozinheiro é preso após reclamar em rede social de ter que servir Bolsonaro
Redação 1Bilhão Educação Financeira
Cozinheiro é preso após reclamar em rede social de ter que servir Bolsonaro

Um cozinheiro foi preso na noite de ontem (9) após fazer um comentário no Facebook reclamando de ter que cozinhar para o presidente Jair Bolsonaro . O caso aconteceu em um hotel em Bento Gonçalves , no Rio Grande do Sul. Após depor, ele foi liberado, mas o almoço não ocorreu.

O funcionário respondeu em uma publicação “Vou ter que cozinhar para este diabo ainda, que raiva”. Isso bastou para sua prisão.

Segundo o jornalista Guga Noblat, Eduardo Lazzari foi suspenso por três dias e agora corre risco de perder o emprego no hotel 'Spa Vinho'. Ele se retratou nas redes sociais pelo ocorrido.

O deputado governista Bibo Nunes disse que o post representava perigo para a segurança de Bolsonaro. Ele atribuiu o "ataque" a um grupo de pessoas.  



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários