Caetano e Olavo
Reprodução YouTube/Caetano Veloso e Olavo de Carvalho
Caetano e Olavo

Considerado o guru do presidente Jair Bolsonaro , o ideólogo Olavo de Carvalho recorreu na Justiça contra a decisão que o condenou a pagar R$ 2,9 milhões ao cantor e compositor Caetano Veloso.

Em outrubro, a juíza Renata Castro, da 50ª Vara Cível do Rio de Janeiro o condenou a pagar o valorpelo descumprimento de uma liminar que determinou a exclusão de publicações que associavam Caetano a atos de pedofilia.

As publicações foram feitas originalmente por Olavo em 2017. Nelas, Olavo se referia ao romance de Caetano com a produtora Paula Lavigne , iniciado quando ela tinha 13 anos, e ele, 40. Os dois ficaram casados por 19 anos.

"Intime-se a parte ré para pagar, no prazo de quinze dias, o valor apresentado pelo exequente em sua planilha, alertando-o de que não ocorrendo o pagamento voluntário haverá acréscimo de multa de 10%", determinou a juíza em outubro. Porém, o valor ainda não foi depositado.

Em setembro do ano passado, no mesmo processo, a Justiça também condenou Olavo a pagar a Caetano uma indenização de R$ 40 mil por danos morais, cujo valor corrigido está hoje em R$ 65.966,78. Ela foi paga judicialmente em agosto, mas o ideólogo ainda recorre.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários