Após novo terremoto na região, número de vítimas subiu nesta terça-feira
Reprodução/Twitter
Após novo terremoto na região, número de vítimas subiu nesta terça-feira



Um novo terremoto de magnitude 6,3 na escala Richter voltou a atingir as Filipinas nesta terça-feira (23), informou a imprensa local. Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos, o hipocentro do forte tremor foi registrado a cerca de 8,4km a leste de Paranas, na província de Samar, a uma profundidade de 70km.

As equipas de resgate encontraram mais corpos durante a última madrugada, na cidade de Porac, nos escombros de um supermercado, que caiu depois do tremor que danificou edifícios e um aeroporto no norte das Filipinas, elevando o número de vítimas para 16.

Equipes de resgate ainda trabalham na região e procuram por sobreviventes. Máquinas e cães farejadores estão sendo utilizados na operação. De acordo com a Agência Nacional de Desastres das Filipinas, o terremoto da última segunda-feira (22) deixou 81 pessoas feridas e 24 desaparecidas, além de ter danificado 29 prédios em toda a ilha de Luzon.

Você viu?

Leia também: País asiático envia carta ao Parlamento Europeu defendendo morte de homossexuais

Relembre o incidente

Um forte terremoto foi registrado na manhã desta segunda-feira (22), na ilha filipina de Luzón. Embora sem relatos oficiais de vítimas ou de danos – nem alerta de um possível tsunami, segundo o governo local – o terremoto teria matado ao menos cinco pessoas, de acordo com a mídia local.

O tremor ocorreu às 5h11 (horário de Brasília) com o epicentro a uma profundidade de 40 quilômetros, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos. De acordo com mesmo serviço, o sismo atingiu os 6,1 graus de magnitude.

Leia também: Presidente do Sri Lanka dá poder de polícia ao Exército

O terremoto atingiu a ilha filipina Luzón, localizada a 60 quilômetros a noroeste de Manila, capital das  Filipinas .

*Com informações da Agência Ansa

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários