A petista tem 40,4% das intenções de voto, Marina perde 2,2 pontos e tem 25,2% e Aécio ganha 2,2% e aparece com 19,8%

Com 40,4% das intenções de voto, a atual presidente e candidata a reeleição Dilma Rousseff (PT) amplia a vantagem sobre a segunda colocada Marina Silva (PSB), que tem 25,2% da preferência do eleitor. Aécio Neves (PSDB) continua na terceira colocação com 19,8%. Os dados são da pesquisa CNT/MDA divulgada nesta segunda-feira (29).

Na pesquisa anterior, divulgada no último dia 23, Dilma tinha 36%, contra 27,4% de Marina. O tucano aparecia com 17,6%.

De acordo com o instituto, Luciana Genro (PSol) cresceu de 0,9% para 1,2%. Já Pastor Everaldo (PSC) reduziu de 0,8% para 0,6%. Os outros candidatos aparecem com 0,5%, enquanto votos brancos e nulos somam 5,9%. Outros 6,4% não sabem ou não responderam.


Veja os números

- Dilma Rousseff (PT): 40,4%

- Marina Silva (PSB): 25,2%

- Aécio Neves (PSDB): 19,8%

- Pastor Everaldo (PSC): 0,6%

- Luciana Genro (PSOL): 1,2%

- Outros: 0,5

- Branco/nulo/nenhum: 5,9%

- Não sabe: 6,4%

Segundo turno

Em um eventual segundo turno, as projeções do instituto indicam que Dilma seria reeleita em disputa com os dois principais adversários. Em simulação entre as duas melhores colocadas, a petista teria 47,7% e Marina aparece com 38,7%.Na pesquisa divulgada semana passada, as duas estavam tecnicamente empatadas. Se o oponente da petista for o tucano, Dilma tem vantagem de 12,3 pontos (49,1% contra 36,8%).

O instituto também simulou um segundo turno com a socialista e o tucano. Neste caso, Marina venceria as eleições, com 41,1% dos votos, contra 36% de Aécio. 

Datafolha: Dilma vai a 40%, Marina cai para 27% e Aécio oscila para 18%

Ainda de acordo com o levantamento, aumentou o número de eleitores que acreditam em vitória da petista, de 51,2% para 61%. Já o total de entrevistados que aposta na vitória de Marina caiu de 29,2% para 21,6% e o percentual daqueles que acreditam que Aécio será eleito presidente passou de 7,7% para 8,3%.

Avaliação do governo

A avaliação positiva do atual governo também cresceu, passando de 37,4% para 41%, o índice de eleitores que consideram o governo Dilma Rousseff ótimo ou bom. A avaliação negativa passou de 25,1%, do levantamento anterior, para 23,5% no divulgado nesta segunda-feira.

Também com alta (de 4,2 pontos), a aprovação do desempenho pessoal de Dilma Rousseff chegou a 55,6%. O total de eleitores que a desaprovam caiu de 43,8% para 40,1%.

Foram entrevistadas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 Unidades Federativas das cinco regiões, nos dias 27 e 28 de setembro de 2014. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral, sob o número BR-00892/2014. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.