No Reino Unido, a polícia organizou uma operação especial para flagrar motoristas que dirigem de maneira perigosa, colocando vidas em risco

O Twitter da Polícia Rodoviária Britânica publicou em seu Twitter a imagem do motorista
Reprodução/Twitter RPU - Surrey Police
O Twitter da Polícia Rodoviária Britânica publicou em seu Twitter a imagem do motorista "viciado" em celulares


A polícia britânica se deparou com uma inusitada e perigosa situação na última quarta-feira (9), quando um motorista foi flagrado dirigindo a quase 100 km/h enquanto usava dois celulares ao mesmo tempo. 

Leia também: Havaí quer dar multas aos pedestres que usam celular enquanto atravessam a rua

Com as mãos fora do volante, o homem foi surpreendido durante a Operação Tramline no condado de Surrey, nos arredores de Londres. Como o “viciado” em celulares não é residente do Reino Unido, ele foi multado, mas não teve pontos adicionados a sua habilitação.

Muito ativa nas redes sociais, a polícia publicou a foto do condutor em seu Twitter, ação que fez do imprudente motorista uma figura conhecida em vários lugares do mundo – como um ótimo exemplo a não ser seguido de maneira alguma, claro.




“Seja lá o que ele estava fazendo, parecia ser super importante, já que ele estava com um telefone em cada mão”, diz o tuíte.

Leia também: Mulher usa celular em encontro e é obrigada a pagar 'indenização' a pretendente

A Operação Tramline

O “criminoso” foi pego graças à Operação Tramline, na qual as autoridades viajam, dentro de um carro sem identificação, por todo o território britânico. Seu objetivo principal é flagrar condutores que dirigem de maneira perigosa,  já que este não foi o primeiro caso de motoristas imprudentes usando dois celulares enquanto trafegam.

De acordo com o portal “Daily Mail”, os oficiais mantêm uma política de tolerância zero com motoristas que usam o celular. “O telefone móvel é uma parte do cotidiano para a maioria de nós, mas ainda assim, usá-lo dessa maneira é uma das maiores causas para acidentes fatais em nossas estradas”, explicou Chris Moon, superintendente da polícia de Surrey.

Moon ainda salientou que, se as pessoas realmente precisam usar seus celulares, o ideal é parar o carro para realizar a atividade.

Leia também: Homem é salvo por bombeiros após ser 'engolido' por privada em busca de celular

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.