Carolina do Norte aprova emenda que proíbe casamento homossexual

Conservadores também conseguem vitória em Indiana, onde candidato do Tea Party venceu primária republicana para o Senado

iG São Paulo |

Eleitores do Estado americano da Carolina do Norte aprovaram uma emenda constitucional que proíbe o casamento homossexual em um referendo realizado nesta terça-feira. No mesmo dia, setores conservadores conquistaram outra vitória, dessa vez em Indiana, onde um candidato do Tea Party venceu a primária republicana para o Senado.

Com mais de 64% das urnas apuradas, a polêmica emenda contra o casamento gay, conhecida como Emenda Um, tinha recebido 60% dos votos a favor e 40% contra. Com isso, a Carolina do Norte se tornou o 31º entre os 50 Estados americanos a aprovar uma medida deste tipo.

Eleições nos EUA: Romney vence três primárias em dia de triunfos para conservadores

AP
Em Raleigh, na Carolina do Norte, Seth Keel (centro) é consolado pelo namorado, Ian Chambers, e a mãe, Jill Hinton, após aprovação de emenda que proíbe casamento gay

Grupos pró e contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo gastaram mais de US$ 3,5 milhões em suas respectivas campanhas, em um referendo que capturou a atenção nacional.

O resultado foi uma vitória para os setores mais conservadores do país, em um momento nos qual aumenta a pressão para que o presidente dos EUA, Barack Obama, esclareça se apoia ou não o casamento homossexual.

Em 2008, ainda como o candidato democrata à Presidência, Obama deu seu apoio às uniões civis entre pessoas do mesmo sexo, mas expressou sua oposição ao casamento. No entanto, no final de 2010, Obama comentou que sua postura sobre o tema "estava evoluindo".

O casamento homossexual é legal nos Estados de Nova York, Connecticut, Iowa, Massachusetts, New Hampshire e Vermont, assim como no Distrito de Columbia, ao qual pertence Washington, a capital do país. Além disso, no Estado de Washington os casais do mesmo sexo poderão se casar a partir de 7 de junho, e o mesmo acontecerá em Maryland a partir de 2013. Outros cinco estados (Delaware, Havaí, Illinois, Novo Jersey e Rhode Island) permitem uniões civis entre homossexuais.

Indiana

Em Indiana, o veterano parlamentar Richard Lugar, um especialista em política externa com quase quatro décadas de carreira no Senado, foi derrotado pelo candidato do movimento conservador Tea Party, Richard Mourdock, na primária realizada para definir o candidato do Partido Republicano ao Senado.

Mourdock, secretário estadual do Tesouro, enfrentará em novembro o democrata Joe Donnelly por um posto no Senado. A derrota de Lugar representa um respaldo para a ala mais conservadora do Partido Republicano, partidária de drásticos cortes nos gasto públicos nos EUA.

Em Wisconsin, o prefeito de Milwaukee, Tom Barrett, ganhou as primárias democratas e tentará desbancar o governador estadual, o republicano Scott Walker, em um referendo de destituição previsto para o próximo mês.

A disputa será uma revanche para Barrett, que perdeu o governo de Wisconsin em 2010 frente a Walker, promotor de uma polêmica lei que elimina o direito à negociação coletiva para empregados públicos do estado.

Romney

Também na terça-feira, o ex-governador de Massachussetts Mitt Romney deu mais um passo para se tornar o candidato do Partido Republicano à presidência dos Estados Unidos, vencendo com facilidade as primárias de Indiana, Carolina do Norte e Virgínia Ocidental.

As vitórias de Romney sobre seu único rival, o congressista Ron Paul, já eram esperadas. De acordo com as últimas projeções feitas por emissoras americanas, Romney acumulava cerca de 850 delegados, número ao quão serão somados quase todos os 100 postos em jogo nesta terça-feira.

Por outro lado, Paul não chega nem a 100 delegados no total, mas decidiu seguir na disputa mesmo sem ter chance de vencer a disputa. São necessários 1.144 delegados para conseguir a nomeação presidencial republicana no final de agosto na convenção nacional do partido em Tampa (Flórida).

Com EFE e AP

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG