Ferreira Gullar e Adélia Prado são principais destaques do Flipoços 2014

Por Luísa Pécora , iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Nona edição do Festival Literário de Poços de Caldas terá 80 atrações entre 26 de abril e 4 de maio

Ferreira Gullar, Adélia Prado, Mário Sérgio Cortella e Michael Kepp são alguns dos convidados da 9ª edição do Festival Literário de Poços de Caldas, o Flipoços, que espera receber 50 mil pessoas entre 26 de abril e 4 de maio.

Os nove dias de festival na cidade mineira incluem cerca de 80 atrações, entre debates, palestras, encontros de autores, sessões de cinema, oficinas e outras atividades culturais, todas com entrada gratuita e concentradas principalmente no Espaço Cultural da Urca. 

Divulgação
Ferreira Gullar é patrono da edição 2014 da Flipoços

O local também recebe a Feira Nacional do Livro de Poços de Caldas, que começou em 2006 e deu início ao Flipoços no ano seguinte. "A aura literária da cidade, que sempre foi muito forte, ficou evidente quando lançamos o festival. A comunidade recebeu muito bem, era como se estivesse faltando o Flipoços para complementar esta atmosfera", afirmou a organizadora do evento, Gisele Corrêa Ferreira, em entrevista ao iG.

De lá para cá o festival cresceu, mas se manteve fiel à proposta de incluir na programação tanto autores consagrados como novos escritores. "A gente busca encontrar pérolas literárias que tenham no Flipoços uma vitrine, e depois possam deslanchar", afirmou.

Siga o iG Cultura no Twitter

Para a organizadora, um dos diferenciais do Flipoços em relação aos demais festivais literários do Brasil é o ecletismo da programação. "Procuramos atender ao máximo de segmentos literários para que cada vez mais pessoas tenham interesse pela leitura", disse Ferreira, acrescentando que o festival recebe moradores de Poços de Caldas e do sul de Minas, mas também de outros Estados, especialmente São Paulo.

Divulgação
Adélia Prado estará no Flipoços 2014

Ela também destaca o fato de todas as edições terem temas específicos - neste ano, dois: "A Cultura Popular na Arte e na Literatura" e "Os 50 Anos do Golpe Militar".

Por isso, a programação inclui, por exemplo, um encontro entre escritores indígenas e outro sobre o jornalista Vladimir Herzog.

O golpe militar de 1964 será o tema da palestra de Ferreira Gullar, patrono da edição deste ano, que abrirá oficialmente o festival na noite de sábado (26).  A "palestra master" será com a poeta Adélia Prado no dia 3 de maio.

Outros destaques são o debate sobre cinema, literatura e televisão com Luaro César Muniz, Fernando Bonassi e José Roberto Torero, em 27 de abril; a palestra de Mário Sérgio Cortella sobre o livro "Ética e Vergonha na Cara", no dia 1º de maio; e a conversa com o jornalista norte-americano radicado no Brasil Michael Kepp, em 2 de maio.

Pelo segundo ano consecutivo, o Flipoços inclui uma mostra de cinema, que exibirá filmes como "José e Pilar", de Miguel Gonçalves Mendes; "A Memória que me Contam", de Lúcia Murat; e "Cabra Marcado Para Morrer", de Eduardo Coutinho.

A principal novidade é a criação da "Pegada Literária", iniciativa que leva atividades culturais para outros 11 pontos de Poços de Caldas. A programação completa está no site oficial.

Festival Literário de Poços de Caldas - Flipoços
Data: 26 de abril a 4 de maio
Local: Espaço Cultural da Urca (Praça Getúlio Vargas, s/nº - centro)
Entrada: gratuita
Informações: http://www.flipocos.com

Leia tudo sobre: flipoçoslivrosliteraturaferreira gullaradélia prado

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas