Tamanho do texto

Alyssa Carson é uma americana determinada e já está em treinamento para se tornar astronauta para, enfim, poder participar de projeto tripulado da Nasa para o Planeta Vermelho em 2033; conheça a história da adolescente

Alyssa Carson, de 17 anos, está recebendo treinamentos para participar de missão em Marte criada pela Nasa em 2033
Reprodução/Alyssa Carson
Alyssa Carson, de 17 anos, está recebendo treinamentos para participar de missão em Marte criada pela Nasa em 2033

Uma adolescente de Louisiana, Estados Unidos, pode se tornar um dos primeiros seres humanos a participar de uma missão em Marte. Alyssa Carson, de 17 anos, já está em treinamento para se tornar astronauta e, desse modo, participar de um projeto tripulado da Agência Espacial Norte-Americana (Nasa), que ocorrerá em 2033 e levará a equipe para realizar pesquisas no Planeta Vermelho.

Leia também: Nasa inicia missão inédita para desvendar o que se passa no interior de Marte

Em entrevista a revista Teen Vogue , a garota relatou que, apesar de não ter idade o suficiente para se inscrever no programa de treinamento de astronautas a tempo de completar 18 anos, conseguiu concluir o programa de passaporte da Nasa e segue se preparando para a missão em Marte .

Sonho de infância em realizar missão em Marte se tornará realidade

Alyssa  afirmou que seu encantamento pelo universo e principalmente pelo quarto planeta do Sistema Solar começou na infância, período em que passou a alimentar o sonho de ser astronauta e viajar para o espaço.

Leia também: Vladimir Putin confirma que Rússia iniciará missão em Marte em 2019

 “Eu comecei a assistir a vídeos de robôs aterrissando em Marte, decorei o meu quarto com um mapa gigantesco do planeta e passei a estudá-lo. Com 12 anos, ganhei o meu telescópio e desde então observo o céu mais detalhadamente”, disse.

Como a pessoa mais jovem a se formar na Academia Avançada de Possum Advanced, a adolescente está tecnicamente certificada e autorizada para explorar o universo. Ela já passou por treinamentos para aprender sobre microgravidade, privação de oxigênio e atualmente está estudando três idiomas diferentes para se preparar para missões futuras com grandes agências espaciais.

Leia também: Nova pesquisa revela nuvem tóxica e mortal ao redor de Marte; entenda

A garota assegurou estar ciente dos desafios que envolverão a missão em Marte , e que até lá estará pronta e resistente para enfrentar um ambiente totalmente diferente da Terra, sem camada de ozônio, e com necessidade extra de proteção a radiação solar. "Fui como toda a criança e mudei minha ideia sobre qual carreira seguir, até me apaixonar por uma. É como querer ser professora ou presidente algum dia. Sempre pensei sobre isso, de certa forma sabia, desde o início, que queria me tornar astronauta e ir para Marte. No final do dia, ainda sonho em ir ao espaço, voltar e também me tornar professora ou presidente”, concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.