Cápsula espacial comercial apresenta problemas após lançamento

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Controladores de voo da Space X conseguiram reparar o defeito e dois dos quatro conjuntos de propulsores agora estão funcionando

AP
Propulsores apresentaram problemas nove minutos após lançamento da cápsula Dragon nesta sexta-feira

A cápsula comercial espacial de carga Dragon, que leva suprimentos para a Estação Espacial Internacional, apresentou problemas nos propulsores minutos após seu lançamento em Cabo Canaveral, na Flórida, na manhã desta sexta-feira (1º).

A empresa afirma que os controladores conseguiram até agora resolver o problema. De acordo com a empresa Space X, os propulsores passaram a funcionar seis horas após o lançamento. Porém a Dragon não vai se acoplar na Estação Espacial Internacional (na sigla em inglês ISS) antes do domingo, um dia após o previsto.

Leia mais:
Sonda da Space X completa primeira missão privada de transporte espacial
Cápsula espacial Dragon retorna à Terra após viagem histórica

Musk explicou que houve um problema de oxidação nos propulsores. “Mas acredito que que os quatro propulsores de manobras estarão funcionando em breve”, disse, em coletiva de imprensa.

Três dos quatro conjuntos de propulsores cápsula Dragon não funcionaram imediatamente, o que atrasou em duas horas a liberação dos painéis solares. A empresa disse que uma válvula de combustível estava com problemas. Apenas quatro horas após o lançamento um segundo conjunto de propulsores passou a funcionar. A Dragon é equipada com 18 propulsores divididos em quatro conjuntos que podem manobrar adequadamente mesmo tendo um deles com defeito.

A cápsula de carga transporta uma tonelada de suprimentos para a Estação Espacial Internacional. Esta é a segunda vez que a empresa lança uma cápsula para a estação espacial. A primeira operação não apresentou problemas.

A Space X tem um contrato de 1,6 bilhões de dólares com a Nasa para 12 abastecimentos da estação espacial. A empresa pretende com isto passar a fazer o transporte dos astronautas nos próximos anos.

Após o lançamento desta sexta-feira, controladores de lançamento comemoraram assim que a nave especial alcançou a órbita com segurança. A separação da Dragon com o foguete foi transmitido ao vivo pelo site da Nasa. Câmeras a bordo da cápsula mostraram imagens exclusivas dos nove primeiros minutos de voo, mas a transmissão foi encerrada quando os problemas técnicos começaram.

(Com informações da AP)

Leia tudo sobre: space-xestação espacialespaçonasa

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas