Guilherme Boulos
Reprodução/Facebook
Guilherme Boulos, candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PSOL

A candidatura de Guilherme Boulos (PSOL), que este ano tenta a prefeitura da capital paulista, parece ser o alvo principal do vereador carioca Carlos Bolsonaro (Republicanos) e do seu irmão, o deputaldo federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filhos do presidente Jair Bolsonaro.

Apoiadores do apresentados Celso Russomanno, que também concorre à prefeitura de São Paulo, Carlos e Eduardo reforçam críticas ao candidato do PSOL, terceiro colocado nas intenções de voto, de acordo com a última pesquisa diulgada pelo Ibope.

Recentemente, tanto o vereador quanto o deputado federal publicaram tweets que acusam Boulos de mentir sobre sua ocupação profissional, repercutindo a reportagem do jornal Folha de S. Paulo que questiona a informação no currículo do candidato.

A reportagem, duramente criticada na web, foi  refutada pelo candidato que afirma não lecionar Escola de Sociologia e Polícia este ano por causa da pandemia. O link da matéria foi publicado pelos irmãos Bolsonaro. Na publicação de Eduardo, a legenda "Boulos mente", foi adicionada.

"Russomanno sentiu e está colocando o gabinete de ódio para nos atacar. Conta que nos grupos de WhatsApp, naquele submundo que eles têm utilizado, de mentiras, está a todo o vapor. Eles sabem que nossa candidatura é a única capaz de evitar o 'BolsoDoria' no segundo turno em São Paulo", comentou Boulos sobre as postagens.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários