Vanderlei Luxemburgo se filiou ao PSB em março deste ano
Reprodução/Instagram
Vanderlei Luxemburgo se filiou ao PSB em março deste ano

O PSB de Tocantins retirou a candidatura do ex-técnico de futebol Vanderlei Luxemburgo ao Senado. O presidente da legenda e ex-prefeito de Palmas, Carlos Amastha, venceu a votação e será o nome escolhido para o Legislativo.

Luxemburgo se filiou ao partido em 28 de março, quando o PSB anunciou que o ex-técnico deveria se candidatar por Tocantins.

A reunião do PSB foi tensa e Luxemburgo chamou Amastha de “traidor” e disse que vai entrar na Justiça pedindo a invalidação da convenção.

Segundo pesquisa do Instituto Real Time Big Data divulgada na última quarta-feira (3), Luxemburgo aparece com 11% das intenções de voto na disputa para o Senado.

O ex-técnico está praticamente empatado a senadora Kátia Abreu (PP) e o ex-governador Mauro Carlesse (Agir 36), ambos com 13%, e o ex-senador Ataídes Oliveira (PROS), com 8%. A margem de erro do levantamento é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários